45 dicas para viver uma vida mais saudável

Este artigo está disponível para download como um e-book gratuito em PDF. Clique no botão abaixo para baixar meu ebook gratuito.

BAIXE O EBOOK GRATUITO AQUI
Frutas
(Imagem: ElenaGaak)

Quão saudável você é? Você tem uma dieta saudável? Você se exercita regularmente? Você bebe pelo menos oito copos de água por dia? Você dorme o suficiente todos os dias? Você vive um estilo de vida saudável?

Nosso corpo é nosso templo e precisamos cuidar disso. Você sabe que mais de 70% dos americanos são obesos ou estão acima do peso? [1] Isso é loucura! Pense em seu corpo como sua concha física para levá-lo pela vida. Se você o abusar repetidamente, sua casca se desgastará rapidamente.

A vida é linda e você não quer se atolar com problemas de saúde desnecessários. Hoje, seus órgãos vitais podem estar funcionando bem, mas podem não ser amanhã. Não tome sua saúde como garantida. Tome cuidado adequado do seu corpo.

Boa saúde não é apenas uma alimentação saudável e um exercício físico – também é uma atitude positiva, uma auto-imagem positiva e um estilo de vida saudável. Neste artigo, compartilho 45 dicas para viver uma vida mais saudável. Marque este post e salve as dicas, porque elas serão vitais para uma vida mais saudável. 🙂

Beba mais água. A maioria de nós não bebe água suficiente todos os dias. A água é essencial para o funcionamento de nossos corpos. Você sabe que mais de 60% do nosso corpo é feito de água? A água é necessária para realizar funções do corpo, remover resíduos e transportar nutrientes e oxigênio ao redor do corpo. Como perdemos água diariamente através da urina, evacuações, transpiração e respiração, precisamos reabastecer nossa ingestão de água.
agua
(Imagem: Andrey Armyagov)

Além disso, a água potável ajuda a perder peso. Um estudo da Health.com realizado entre pessoas com sobrepeso ou obesas mostrou que os bebedores de água perdem 4,5 quilos a mais do que um grupo controle! Os pesquisadores acreditam que é porque beber mais água ajuda a encher seu estômago, deixando você com menos fome e menos propenso a comer demais.

A quantidade de água que precisamos depende de vários fatores, como umidade, atividade física e peso, mas geralmente precisamos de 2,7 a 3,7 litros de água por dia. [2] Como a ingestão de alimentos contribui com cerca de 20% da nossa ingestão de líquidos, isso significa que precisamos beber cerca de 2,0-3,0 litros de água ou cerca de 8-10 copos (agora você sabe como surgiu a recomendação de 8 copos!). Uma maneira de saber se você está hidratado – sua urina deve estar levemente amarela. Se não é, como amarelo escuro ou laranja, você não está recebendo água suficiente! Outros sinais incluem lábios secos, boca seca e pouca micção. Vá beber um pouco de água antes de continuar este artigo!

Durma o suficiente. Quando você não descansa bem, você compensa comendo mais. Normalmente, é junk food. Descanse bastante e você não precisa fazer um lanche para ficar acordado. Além disso, a falta de sono causa envelhecimento prematuro e você não quer isso! Leia: Ter insônia? Como Conseguir uma Noite Perfeita de Sono
Meditar. Meditação acalma sua mente e acalma sua alma. Se você não sabe meditar, não se preocupe. Aprenda a meditar em 5 passos simples.
Meditação no campo
(Imagem: LuckyImages)

Exercício. Movimento é vida. A pesquisa mostrou que o exercício diário traz benefícios tremendos para a nossa saúde, incluindo um aumento no tempo de vida, redução do risco de doenças, maior densidade óssea e perda de peso. Aumente a atividade em sua vida. Escolha andar sobre o transporte para distâncias próximas. Suba as escadas em vez de pegar o elevador. Participe de uma aula de aeróbica ou de uma aula de dança. Escolha um esporte do seu agrado (veja dica 5).
Escolha exercícios que você goste. Quando você gosta de um esporte, você naturalmente quer fazer isso. O exercício não é sobre sofrer e se pressionar; é sobre ser saudável e se divertir ao mesmo tempo. Adicionando variação em seus exercícios irá mantê-los interessantes. Que exercícios você gosta e como você pode incluí-los em sua rotina?
Exercite diferentes partes do seu corpo. Não faça apenas cardio (como correr). Dê ao seu corpo um bom treino. A maneira mais fácil é praticar esportes, já que eles trabalham em diferentes grupos musculares. Atividades populares, onde você pode obter um bom treino do corpo são trekking, caminhadas, natação, basquete, tênis, squash, badminton, yoga e frisbee.

Leia também: Womax funciona
Coma frutas. Frutas têm uma carga de vitaminas e minerais. Você sabia que as laranjas oferecem mais benefícios à saúde do que as pílulas de vitamina C? Tanto quanto possível, consuma suas vitaminas e minerais através de sua dieta e não através de pílulas. Eu como uma variedade de frutas todas as manhãs e eles me energizam. Satisfaça o seu paladar com estes frutos nutritivos: Banana, Papaia, Kiwi, Morangos, Mirtilos, Amoras, Framboesas, Melancia, Melancia, Melão, Pêssego, Maçã, Toranja, Pomelo, Manga, Laranja.
Frutas
(Imagem: ElenaGaak)

Coma vegetais. Legumes são a fonte de muitos nutrientes e minerais, como folato, vitamina K, ácido fólico, vitamina A, manganês e potássio, para não mencionar a fibra alimentar, que é importante para uma boa saúde intestinal. Há ar

Fonte: https://www.valpopular.com/womax-funciona/

COMO CONSTRUIR UM CORPO MASCULINO FORTE E ESTÉTICO

1. As costas, ombros e braços.
Qualquer programa de treinamento para homens com o objetivo de construir um físico mais atraente, dominante, sexy e rasgado deve sempre enfatizar três áreas-chave sendo o Back, Shoulders e Arms. A maioria dos programas só se concentra nos músculos da praia, mas eles não usam estratégias que permitam uma sobrecarga progressiva simples (ou seja, ficar mais forte) nessas partes do corpo. O Programa de Construção Muscular para Homens do Beach Body, inclui um sistema minimalista que visa eficazmente estas partes do corpo para construir um físico poderoso e inspirador, ficando mais forte em um conjunto de exercícios.

Linhas pesadas, prensas suspensas, queixo e cachos são os itens básicos do programa. O trabalho adicional de isolamento de ombro e tríceps é então empilhado em cima do trabalho pesado para trabalhar em alguns detalhes extras, e garantir que você construa um v-taper para trás, ombros com capas arredondadas visíveis de todos os ângulos, e não esqueçamos aquelas armas de fumar também!

2. O Peito, Glúteo, Abs e Bezerros
O peito, o glúteo (asno), o abdômen e os bezerros são ótimos músculos da mostra. Eles também são muito úteis em atividades esportivas. A principal diferença do primeiro conjunto de grupos musculares é que esses músculos podem arruinar completamente a simetria de um corpo físico se forem exagerados. Ter um tórax do tamanho de uma ave não é sexy, mas o desenvolvimento excessivo do tórax em relação à parte superior das costas e cintos traseiros pode levar a má postura, abdominais desenvolvidos e glúteos são bons, mas em excesso resultará em um “meio” espesso , algumas pessoas têm, alguns precisam trabalhar duro para eles. O Programa de Construção Muscular do Corpo da Praia inclui 3 fases diferentes com objetivos específicos em mente. Passar por nossa fase de construção de base é necessário para todos aqueles que querem ver mudanças rápidas em seu corpo como um todo. Isto é especialmente verdadeiro para todos aqueles que não têm treinado de forma consistente antes de iniciar o Programa de Construção Muscular do Corpo da Praia.

Mais tarde, há duas outras fases voltadas para as partes do corpo em atraso, uma para um peito atrasado e de volta para construir a espessura, a outra para ombros e braços, enfatizando detalhes. Ambos são progressivos; Passar algum tempo trabalhando em todas as três fases levará à simetria geral, enquanto a sua dieta Beach Body irá mantê-lo rasgado e inclinado durante todo o ano. Uma fase de bônus incluirá um treino de peso corporal ‘em casa’, no qual você precisará de pouco ou nenhum equipamento para manter ou construir aquele Corpo de Praia durante os períodos em que não houver uma academia comercial disponível.

3. Os quadris, isquiotibiais, armadilhas e oblíquos

Os quadríceps, isquiotibiais, armadilhas e oblíquos são grandes contribuintes para sua massa muscular total. Eles são efetivamente treinados em The Beach Body Lean Muscle Building Program. Isso é especialmente importante no início, para permitir que sua base seja construída simetricamente e em proporções saudáveis. No entanto, para efeitos de boa aparência, esses músculos são muito fáceis de exagerar na maioria das pessoas. Eles resultam na aparência desagradável de “tanque”. Enquanto o programa ainda serve para aqueles que só querem continuar a construir sua base de massa e força sem se preocupar com sua simetria e proporções. A eficácia do Programa de Construção de Músculo Magro do Corpo de Praia está na construção da quantidade certa de músculo nos grupos musculares certos. Menor volume em certas partes do corpo, em comparação com os outros, irá mantê-lo em forma e saudável, mas também esculpido, estético e atraente.

Leia também: Cromofina funciona

As duas fases intermediárias do programa enfatizam a parte superior do corpo sobre as pernas e o aperto no meio do abdômen volumoso. Mas para todos aqueles que querem se parecer com feras a longo prazo, o programa básico de construção fará o truque. A fase de peito e costas, bem como a fase de ombros e braços, resultarão em mais de um físico clássico de Hollywood; um corpo de praia rasgado!

Se você quiser ver algumas transformações impressionantes no Programa, por exemplo, leve o Miguel’s Beach Body Story, por exemplo. Ele perdeu 35 quilos ou peso indesejado, e agora está ganhando massa muscular para construir um corpo sólido e sólido. Esta foto foi 35 quilos, 4 meses em. Clique aqui para ver algumas outras transformações em nossos programas. Ah, se você quer construir um pouco de massa muscular, você vai querer pegar o nosso programa Warrior-12 Size & Strength For Men, este é um construtor de massa clássico que fez um retorno à demanda popular. Até temos um programa dedicado a realmente Perda de peso rápida, para pessoas obesas ou acima do peso que querem iniciar sua jornada agora, confira Fast Fat Loss For Men também!

14 truques para cair até 5 quilos em uma semana

Se você quiser perder cinco quilos reais no próximo fim de semana, ouça: Perder peso rapidamente é quase sempre insalubre. Isso porque você pode se preparar para compulsão alimentar e flutuações que interferem com resultados duradouros, o que basicamente anula o ponto inteiro, certo?

É também muito difícil! ‘Para a maioria das pessoas, é muito, muito difícil perder mais de um quilo e meio de gordura corporal em uma semana’, diz o médico da perda de peso da Filadélfia, Charlie Seltzer, MD. E mesmo se você perder algum peso de água no processo, a mudança é temporária. ‘É uma perda de gordura que muda a forma do seu corpo’, diz ele.

Mesmo se você atingir seu objetivo, é quase impossível manter o peso a longo prazo: ‘A quantidade de restrição necessária [para manter esse número] fará com que você fique com tanta fome que você coma tudo à vista – é ‘Como a restrição de calorias diminui gradualmente o seu metabolismo, seu corpo estará menos preparado para queimar os alimentos que você bebe’, acrescenta. Isso pode significar ganhar mais quilos do que você perdeu em primeiro lugar.

Leia também: Saxenda remédio para emagrecer e controle dos diabetes

HISTÓRIA RELACIONADA
imagem
18 razões pelas quais sua dieta não está funcionando
Ainda assim, existem maneiras eficazes e saudáveis ​​de iniciar sua perda de peso – e, sim, levará tempo! – tudo isso sem passar fome, desperdiçar dinheiro com suplementos incompletos ou punir seu corpo com exercícios.

Em vez disso, experimente algumas dessas dicas seguras e comprovadas. E lembre-se: você obterá os resultados melhores e mais duradouros de alterações que não deixam você exausto e sonham com pizza.

1. Acompanhe sua dieta.
Esportiva jovem olhando gráfico na exibição de telefone celular
IMAGENS DE WESTEND61GETTY
‘Comer menos calorias do que você queima o ajudará a perder peso – é simples assim’, diz o Dr. Seltzer. ‘Mas você precisa conhecer seus padrões antes de poder fazer um plano.’

Para avaliar o quanto você está realmente comendo para manter seu peso atual, o Dr. Seltzer recomenda o uso do MyFitnessPal. Basta introduzir o que você come e ser honesto. O aplicativo irá calcular a sua ingestão diária de calorias sem julgamento (ou qualquer matemática do seu lado). ‘Nenhum alimento é inerentemente bom ou ruim’, diz o Dr. Seltzer.

2. FOCO EM PLANTAS.
Um de cada tipo
IMAGENS SOBRE «DANIEL GRIZELJGETTY»
Em um pequeno estudo de mais de 1.000 pessoas, publicado no Journal of General Internal Medicine, os pesquisadores descobriram que aqueles que seguem dietas vegetarianas e veganas, ricas em grãos integrais, frutas, legumes, nozes e legumes, perderam mais peso do que dieters outros planos – até mesmo a dieta de baixo carboidrato de Atkins – no mesmo período de tempo.

Os pesquisadores acreditam que os participantes que se abstiveram de produtos de origem animal perderam significativamente mais quilos, uma vez que os alimentos à base de plantas incluem cargas de fibras de preenchimento e carboidratos complexos de lenta absorção. Embora mais pesquisas sejam necessárias para confirmar esses resultados, os autores do estudo escrevem: ‘As dietas vegetarianas parecem ter benefícios significativos na redução de peso em comparação às dietas não vegetarianas’.

3. CORTE DE VOLTA PARA A SODA.
Quando você ingere carboidratos líquidos, como o açúcar no refrigerante, seu corpo não os registra da mesma forma que, digamos, um pedaço de pão, de acordo com uma revisão de estudos publicados no Current Opinion em Clinical Nutrition & Metabolic Care. , mesmo que você esteja ingerindo calorias, suas dicas de plenitude não sinalizam que você está satisfeito quando termina uma lata. E isso pode levar a consumir mais no geral.

Mesmo o refrigerante dietético isento de calorias pode impedir que você atinja seus objetivos. Embora a razão para o aumento do risco para a obesidade não seja clara, pesquisas recentes sugerem que o refrigerante artificialmente adoçado poderia estimular os hormônios da fome, levando as pessoas a consumir mais calorias do que precisam.

4. FAÇA SUPER PEQUENO SWAPS DE ALIMENTOS.
Mulher, s, mãos, quebrar, ovos, em, um, tigela
IMAGENS DE FOTOGRAFIA DA CHEQUE CRESPI
Se você tem comido fast food há anos, tenha uma ideia real da sua abordagem: você provavelmente não vai aderir a uma revisão de paleo orgânico, sem glúten por muito tempo. ‘Você quer mudar o mínimo possível para criar déficit calórico’, diz o Dr. Seltzer, que insiste que a melhor maneira de apoiar a perda de peso sustentável é incorporar pequenas mudanças nos hábitos existentes. Então, em vez de desistir de seus bagels BLT diários em favor de um envoltório de clara de ovo, tente pedir seu sanduíche em um muffin inglês mais leve. Ou diga que você come uma lanchonete todas as tardes: Troque sua barra de 300 calorias por uma alternativa de 150 calorias. ‘Seu cérebro vai sentir o mesmo, então você não se sentirá privado’, diz ele.

HISTÓRIA RELACIONADA
imagem
47 Food Hacks para ajudar você a comer mais saudável
5. Vá em frente: coma sua maior refeição à noite.
Costeletas de porco assadas com salada
IMAGENS SOBRE A CLORUDIA TOTIRGETTY
Além disso, algumas pesquisas mostram que o corpo humano está preparado para consumir a maior parte de suas calorias durante o dia. Mas o estilo de vida é problemático para muitos: porque refeições familiares e jantares com amigos

Alguma pílula para perda de peso realmente funciona?

Leve embora
Quando se trata de perda de peso, não há escassez de pílulas, bebidas e suplementos alegando ajudar o peso a cair. Mas as pílulas para perda de peso ajudam, e elas são seguras?
As melhores pílulas de perda de peso podem conter um ou mais ingredientes ativos destinados a aumentar a queima de gordura, diminuir o apetite ou reduzir a absorção de gordura.

Nem todas as pílulas de perda de peso e suplementos são criados iguais. Certas pílulas podem causar efeitos colaterais desagradáveis, enquanto outras podem não ser comprovadas para resultar em perda de peso.

Leia também: Como emagrecer depois do parto

Vamos analisar as seguintes nove pílulas e suplementos para perda de peso:

Alli (orlistat)
cafeína
glucomanano
extrato de garcinia cambogia
piruvato
extrato de chá verde
ácido linoléico conjugado
Hydroxycut
comprimidos da perda de peso da prescrição
1. Alli (orlistat)
Perda de peso e pílulas de dieta rodeadas por fita métrica.
É importante pesquisar cuidadosamente antes de escolher uma pílula de perda de peso, pois alguns podem ter efeitos colaterais ou interagir com as condições existentes.
Alli é o nome da marca da droga orlistat. É uma das pílulas de perda de peso mais populares.

Orlistat está disponível como um medicamento de prescrição e também vendido ao balcão. Funciona evitando que o corpo destrua parte da gordura que as pessoas comem. Quando os intestinos absorvem menos gordura, a perda de peso pode ocorrer.

Uma revisão de 11 estudos indicou que o orlistat pode aumentar a perda de peso em pequena quantidade. A revisão descobriu que aqueles que tomaram orlistat perderam em média 2,9% mais peso do que aqueles que não tomaram a droga.

Orlistat pode causar uma mudança nos hábitos intestinais. Pessoas que tomam orlistat podem apresentar efeitos colaterais, como diarréia , dor de estômago e dificuldade para controlar os movimentos intestinais.

2. Cafeína
A cafeína é um estimulante encontrado no café , chá, refrigerantes e chocolate. Também é frequentemente adicionado a pílulas dietéticas e suplementos.

De acordo com um estudo de 76 adultos obesos, as pessoas que tiveram alto consumo de cafeína tiveram uma redução maior na massa gorda, circunferência do peso e peso total em comparação com aqueles que tiveram baixa ingestão de cafeína.

Os efeitos colaterais da cafeína incluem nervosismo, aumento da freqüência cardíaca e problemas para dormir.

3. Glucomanano
Glucomannan é um tipo de suplemento de fibra. Funciona absorvendo água no intestino, levando a uma sensação de plenitude que pode levar as pessoas a comer menos.

Estudos parecem ser conflitantes sobre se o glucomanan pode ajudar na perda de peso, no entanto.

Um estudo de 2005 com 176 pessoas indicou que a glucomanana contribuiu para a perda de peso em adultos saudáveis ​​e com excesso de peso.

No entanto, uma revisão mais recente de ensaios clínicos randomizados indicou que o glucomanan não parece resultar em perda de peso significativa.

Para aqueles que tomam glucomannan, os efeitos colaterais podem incluir gases, diarréia e dor de estômago.

4. Garcinia Cambogia
Garcinia cambogia.
Garcinia Cambogia é uma ajuda natural popular para perda de peso.
Garcinia cambogia é uma fruta que contém ácido hidroxicítrico, que é pensado para ajudar na perda de peso.

Garcinia Cambogia contém os sucos desta fruta pequena e está disponível como uma pílula de perda de peso. A Garcinia cambogia pode inibir ou prevenir uma enzima produtora de gordura chamada ácido lia cítrico.

Há pouca evidência científica para apoiar o uso deste extrato para ajudar na perda de peso. De acordo com um relatório , a eficácia do extrato em ensaios clínicos de longo prazo e estudos em grande escala não foi comprovada.

Embora o extrato de garcinia cambogia possa não ajudar na perda de peso, ele não parece causar muitos efeitos colaterais quando tomado em doses razoáveis. O relatório acima também indicou que os efeitos adversos não ocorreram com uma dosagem dietética de até 2.800 miligramas (mg) por dia.

Garcinia cambogia: funciona?
Garcinia cambogia: funciona?
Damos uma olhada mais de perto na fruta garcinia cambogia. Leia este artigo para saber mais sobre seu impacto na perda de peso, juntamente com outros benefícios potenciais para a saúde.
Leia agora
5. Piruvato
O corpo produz piruvato quando quebra o açúcar. Piruvato também é vendido como um suplemento para ajudar na perda de peso, ajudando a quebrar a gordura e aumentar o metabolismo.

De acordo com o Escritório de Suplementos Dietéticos do Instituto Nacional de Saúde, o piruvato pode ter alguns efeitos sobre a perda de peso. Os estudos existentes são fracos, portanto os resultados não são conclusivos.

Os efeitos colaterais do piruvato incluem gases e inchaço.

6. extrato de chá verde
Muitas pílulas de dieta contêm chá verde, porque pode aumentar a capacidade do corpo para queimar gordura e, especialmente, gordura na área do estômago.

Embora mais evidências sejam necessárias, algumas pesquisas indicam que bebidas contendo extrato de chá verde podem promover a perda de gordura ao redor da área do estômago. O aumento na perda de gordura também pode resultar em perda de peso modesta.

Embora o extrato de chá verde seja geralmente bem tolerado, pode causar dor de estômago, constipação e náusea.

7. Ácido linoléico conjugado
O ácido linoléico conjugado é um tipo de ácido graxo encontrado principalmente em carne bovina e laticínios. Tem sido comercializado como uma das melhores pílulas de perda de peso por seu potencial para aumentar o metabolismo e diminuir o apetite.

No entanto, a maioria dos estudos sobre o ácido linoléico conjugado levando à perda de peso foram realizados em animais. De acordo com uma revisão de pesquisa, a perda de peso parece ser mínima em estudos em humanos.

O ácido linoléico conjugado parece ser seguro em doses de até 6 gramas por dia por até 12 meses. Possíveis efeitos colaterais incluem desconforto no estômago, diarréia ou constipação. Pode não ser adequado para pessoas com diabetes .

8. Hydroxycut
Perda de peso e dieta de proteína em pó e suplementos.
Hydroxycut vem em diferentes formas e é considerado um complemento.
Hydroxycut é um suplemento dietético popular. Existem diferentes produtos Hydroxycut, que contêm vários ingredientes. Os produtos Hydroxycut normalmente contêm extratos vegetais e cafeína, embora versões livres de cafeína do suplemento também estejam disponíveis.

Não existem estudos que analisem especificamente o Hydroxycut. A cafeína, que foi estudada, pode contribuir para pequenas quantidades de perda de peso.

Como os ingredientes do Hydroxycut variam, é difícil indicar os possíveis efeitos colaterais. Os suplementos Hydroxycut que contêm cafeína podem causar nervosismo e aumento da frequência cardíaca.

O Hydroxycut é considerado um suplemento e não passa pelos mesmos testes rigorosos que os medicamentos para determinar sua segurança.

9. Comprimidos da perda de peso da prescrição
Certas pílulas de perda de peso só estão disponíveis através de receita médica. Embora existam várias pílulas no mercado, a maioria das medicações para perda de peso funciona dificultando a absorção de gordura na dieta ou suprimindo o apetite.

Duas pílulas comuns para perda de peso são Belviq e Qsymia.

Prescrição pílulas podem levar a alguma perda de peso, mas eles podem ter efeitos colaterais. Dependendo da prescrição, os efeitos colaterais das pílulas de perda de peso podem incluir dor de estômago, boca seca e diarréia.

Leve embora
Quando se trata das melhores pílulas de emagrecimento, parece que não existe uma bala mágica. Embora algumas das pílulas dietéticas e suplementos mencionados acima possam contribuir para a perda de peso, as quantidades são geralmente modestas.

Cafeína, extrato de chá verde e orlistat parecem ter mais pesquisas para respaldar suas alegações.

Algumas pílulas de perda de peso também podem levar a efeitos colaterais, sendo o mais comum o desconforto estomacal e as alterações nos movimentos intestinais.

Suplementos dietéticos não enfrentam o mesmo escrutínio dos medicamentos que são aprovados pela Food and Drug Administration (FDA) dos Estados Unidos, portanto, sua segurança nem sempre é totalmente compreendida. Antes de tomar qualquer suplemento para perda de peso, é melhor conversar com um médico ou outro profissional de saúde.

A melhor aposta para as pessoas que tentam perder peso é reduzir o tamanho da porção, comer proteína magra e verduras e fazer exercícios regularmente.

12 dicas para ajudar você a perder peso no plano de 12 semanas

1. Não pule o café da manhã
Saltar o café da manhã não o ajudará a perder peso. Você pode perder nutrientes essenciais e pode acabar comendo mais durante o dia porque sente fome. Confira cinco cafés da manhã saudáveis.

2. Coma refeições regulares
Comer em horários regulares durante o dia ajuda a queimar calorias em um ritmo mais rápido. Também reduz a tentação de lanche em alimentos ricos em gordura e açúcar. Saiba mais sobre como comer bem.

Leia também: Farinhas low carb

3. Coma muita fruta e veg
Frutas e vegetais são pobres em calorias e gorduras e ricos em fibras – 3 ingredientes essenciais para uma perda de peso bem sucedida. Eles também contêm muitas vitaminas e minerais. Leia acima em começar seu 5 um dia.

4. Fique mais ativo
Ser ativo é fundamental para perder peso e mantê-lo desligado. Além de proporcionar inúmeros benefícios para a saúde, o exercício pode ajudar a queimar o excesso de calorias que você não pode cortar apenas com a dieta. Encontre uma atividade que goste e que possa se encaixar em sua rotina.

5. Beba muita água
As pessoas às vezes confundem sede com fome. Você pode acabar consumindo calorias extras quando um copo de água é realmente o que você precisa.

6. Coma alimentos ricos em fibras
Alimentos que contêm muita fibra podem ajudar a mantê-lo satisfeito, o que é perfeito para perder peso. A fibra só é encontrada em alimentos de plantas, como frutas e legumes, aveia, pão integral, arroz integral e macarrão, feijão, ervilha e lentilha.

7. Leia os rótulos dos alimentos
Saber ler os rótulos dos alimentos pode ajudá-lo a escolher opções mais saudáveis. Use as informações de calorias para descobrir como um determinado alimento se encaixa no seu limite diário de calorias no plano de emagrecimento. Saiba mais sobre a leitura de rótulos de alimentos.

8. Use uma placa menor
Usando placas menores pode ajudá-lo a comer porções menores. Usando pratos e tigelas menores, você pode se acostumar gradualmente a comer porções menores sem passar fome. Demora cerca de 20 minutos para o estômago dizer ao cérebro que está cheio, então coma devagar e pare de comer antes de se sentir satisfeito.

9. Não proibir alimentos
Não proíba quaisquer alimentos do seu plano de emagrecimento, especialmente os que você gosta. Banir alimentos só vai fazer com que você os almeja mais. Não há razão para você não poder desfrutar de um deleite ocasional, contanto que você fique dentro de sua caloria diária. abono.

10. Não armazene junk food
Para evitar a tentação, tente não armazenar em seu lugar alimentos não saudáveis ​​- como chocolate, biscoitos, salgadinhos e doces efervescentes – em casa. Em vez disso, opte por lanches saudáveis, como frutas, bolos de arroz sem sal, bolos de aveia, pipoca sem sal e sem açúcar e suco de frutas.

11. Reduza o consumo de álcool
Um copo de vinho padrão pode conter tantas calorias quanto um pedaço de chocolate. Com o tempo, beber demais pode facilmente contribuir para o ganho de peso. Saiba mais sobre as calorias em álcool.

12. Planeje suas refeições
Tente planejar seu café da manhã, almoço, jantar e lanches durante a semana, certificando-se de manter seu subsídio de calorias. Você pode achar útil fazer uma lista semanal de compras.

Revisão das principais dietas

Com tantas opções de dieta para escolher, pode ser difícil encontrar um plano de emagrecimento adequado.

Para ajudar, a Associação Dietética Britânica (BDA) analisou os prós e contras e deu seu veredicto sobre algumas das dietas mais populares.

Leia também: Slimtrol 

Dieta 5: 2
A dieta 5: 2 é baseada em um princípio conhecido como jejum intermitente (IF), onde você come normalmente por 5 dias por semana e jejua no outro 2.

A evidência sobre a eficácia da dieta 5: 2 é limitada quando comparada com outros métodos de perda de peso.

Um estudo de 2013 comparou mulheres colocadas em uma dieta 5: 2 com aquelas em uma dieta mediterrânea.

Mais pessoas perderam mais de 5% de seu peso na dieta 5: 2, e a perda de gordura corporal e a sensibilidade à insulina foram melhores na dieta 5: 2.

Mas a perda de peso para a dieta 5: 2 e a dieta mediterrânea foi semelhante no geral.

Prós
Aderir a um regime de 2 dias por semana pode ser mais viável do que 7 dias, então você pode ser mais propenso a perseverar com essa maneira de comer e perder peso com sucesso.

Dois dias por semana com uma dieta restrita pode levar a maiores reduções na gordura corporal, resistência à insulina e outras doenças crônicas.

Contras
Os dias não restritos não significam banquetes ilimitados. Embora você não precise ser tão rigoroso quanto ao seu consumo de calorias, você ainda precisa fazer escolhas saudáveis ​​e ser fisicamente ativo.

Existe o risco de que os seus dias de alimentação restritos não sejam nutricionalmente equilibrados.

Pular refeições pode fazer com que você se sinta tonto, irritado, lhe cause dores de cabeça e dificulte a concentração, o que pode afetar o trabalho e outras tarefas diárias.

Outros efeitos colaterais relatados são dificuldades para dormir e sonolência diurna, mau hálito e desidratação.

Veredicto do BDA
O 5: 2 é uma maneira simples de reduzir a ingestão de calorias. Existem muitas versões dessa dieta, com algumas sendo menos seguras do que outras.

Muitos estudos sobre FI são de curto prazo, envolvem um pequeno número de indivíduos ou são baseados em animais.

Se você optar por seguir essa dieta, escolha um plano apoiado por evidências baseado em uma alimentação saudável e equilibrada e escrito por um nutricionista, como a ‘Dieta de 2 Dias’.

É vital para sua saúde evitar deficiências nutricionais, desidratação e comer demais em dias sem jejum.

Nunca tente atrasar ou pular refeições se estiver grávida, tiver ou estiver propensa a distúrbios alimentares ou se tiver diabetes.

Dieta Dukan
A dieta de Dukan é uma dieta pobre em carboidratos e rica em proteínas. Não há limite para o quanto você pode comer durante as 4 fases do plano, desde que você cumpra as regras do plano.

Durante a fase 1, você está em uma dieta de proteína magra estrita. Isto é baseado em uma lista de 72 alimentos razoavelmente baixos em gordura, ricos em proteínas, como frango, peru, ovos, peixe e laticínios sem gordura.

Isto é para uma média de 5 dias para conseguir uma rápida perda de peso. Carboidratos estão fora dos limites, exceto por uma pequena quantidade de farelo de aveia.

Ao contrário da dieta de Atkins, a fase 1 de Dukan proíbe legumes e restringe seriamente a gordura. As próximas 3 fases do plano incluem a introdução gradual de algumas frutas, vegetais e carboidratos e, eventualmente, todos os alimentos.

O objetivo é a perda de peso gradual de até 2 kg por semana e promover o controle de peso a longo prazo.

Não há limite de tempo para a fase final, que envolve ter um dia somente de proteína uma vez por semana e fazer exercícios regularmente.

Prós
Você pode perder peso muito rapidamente, o que pode ser motivador. É uma dieta muito rigorosa e prescritiva, que algumas pessoas gostam. É fácil de seguir, e você não precisa pesar alimentos ou contar calorias.

Além de manter alimentos com baixo teor de gordura, baixo teor de sal e alta proteína, não há restrições quanto ao quanto você pode comer durante as primeiras duas semanas.

Contras
No início da dieta, você pode experimentar efeitos colaterais como mau hálito, boca seca, cansaço, tontura, insônia e náusea por cortar carboidratos.

A falta de cereais integrais, frutas e vegetais nos estágios iniciais da dieta pode causar problemas como a constipação.

Veredicto do BDA
Perda de peso rápida pode ser motivadora, mas é insustentável e insalubre. A dieta de Dukan não é nutricionalmente equilibrada, o que é reconhecido pelo fato de que você precisa de um suplemento vitamínico e um suplemento de fibra na forma de farelo de aveia.

Há um perigo que este tipo de dieta pode aumentar o risco de problemas de saúde a longo prazo, se você não seguir as regras.

A dieta carece de variedade nas fases iniciais, então há um risco de você se cansar rapidamente e desistir.

dieta Paleo
A dieta paleo, também conhecida como a dieta do homem das cavernas, consiste em alimentos que podem ser caçados e pescados (como carne e frutos do mar) ou recolhidos (como ovos, nozes, sementes, frutas, legumes, ervas e especiarias).

É um regime baseado nos supostos hábitos alimentares de nossos ancestrais caçadores-coletores durante o Paleolítico, antes do desenvolvimento da agricultura, cerca de 10.000 anos atrás.

Isso significa que grãos de cereais, incluindo trigo, laticínios, açúcar refinado, batatas – assim como qualquer coisa processada ou adicionada de sal – estão estritamente fora do cardápio.

Não há uma dieta paleo oficial, mas é geralmente vista como uma dieta pobre em carboidratos e rica em proteínas, com algumas variações na ingestão de carboidratos e carne.

Fonte: https://www.mulherk.com.br/slimtrol-funciona-anvisa-bula-preco-e-onde-comprar/

Emagrecer: 20 dicas para perder peso rápido e com saúde

Siga as dicas para turbinar a dieta e eliminar a barriga
Redação

Para emagrecer com saúde é necessário que o corpo gaste mais calorias do que consome. É por isso que as duas medidas mais importantes para chegar ao peso ideal são ajustar hábitos alimentares e praticar atividades físicas. Mas isso deve ser feito de forma gradativa e com um cardápio saudável e variado. Siga as dicas para emagrecer de forma saudável:

Saiba mais: Berberina: conheça os benefícios e como usar
Consuma alimentos que queimam a gordura
Alguns alimentos ajudam a emagrecer porque estimulam a queima de gordura. O chá de hibisco, lichia, farinha de amora estão entre eles.

Consuma alimentos que desincham
Alimentos ricos em ômega 3 (salmão, atum, sardinha, arenque, cavala, linhaça, castanhas) contribuem para o emagrecimento devido à ação anti-inflamatória. Conheça a dieta anti-inflamatória.

Aumente a saciedade
Alimentos ricos em fibras proporcionam maior saciedade, logo a fome demora mais a aparecer, o que ajuda você a perder peso. As principais fontes de fibras são: frutas, cereais integrais, como arroz, trigo, centeio, cevada e a aveia. As leguminosas, como feijões, lentilha, grão de bico e ervilha e as verduras e legumes também contam com boas quantidades de fibras. As sementes, como a chia, linhaça e semente de abóbora, também tem fibras. Saiba tudo sobre as fibras.

Consuma alimentos que aceleram metabolismo
Os alimentos com ação termogênica estimulam a maior queima de calorias. Os principais alimentos termogênicos são: pimenta, chá verde, canela, gengibre e café. Veja os benefícios dos alimentos termogênicos.

Saiba mais: Phytophen o que é

Faça lanchinhos
O ideal quando se quer perder peso é fazer as três refeições principais (café da manhã, almoço e jantar) e dois ou três pequenos lanches. Isso manterá seu metabolismo funcionando o dia inteiro, dará mais saciedade, diminuindo a fome fora de hora, e impedirá que você exagere nas grandes refeições. O intervalo entre cada refeição deve ser de no mínimo 2 horas.

Saiba mais: Perder barriga rápido: dieta e exercícios para emagrecer
Invista em um prato equilibrado e variado
Uma alimentação saudável pede equilíbrio de nutrientes e variedade de alimentos. Vale investir em frutas, legumes, verduras. Não se esqueça de completar o menu com diferentes tipos de carnes, cereais, leguminosas (feijão, lentilha), leites e derivados, grupos alimentares essenciais para a alimentação diária.

Evite fazer dietas restritivas
Dietas que cortam drasticamente as calorias ou algum componente específico, como os carboidratos por exemplo, são consideradas restritivas. Para perder com saúde o esperado é perder entre meio quilo e um quilo por semana. Mais do isso pode ser sinal de que você não está realizando a dieta mais adequada. A alimentação monótona e com pouca variedade de alimentos não traz todos os nutrientes que o corpo precisa, podendo até afetar a imunidade e o corpo mais vulnerável a doenças. Dieta dos shakes, dieta sem glúten e dieta da sopa são alguns exemplos de dietas restritivas.

Invista nos chás que ajudam a emagrecer
Alguns deles, como o chá verde, chá preto e o chá de canela, estimulam a queima calórica. Enquanto o chá de hibisco contribui para que menos gordura fique acumulada no abdômen. Veja os chás que contribuem para a perda de peso.

Pratique exercícios que queimam gordura
A Organização Mundial de Saúde recomenda praticar ao menos 150 minutos de exercícios moderados por semana para uma pessoa ser considerada ativa. Ou seja, praticando uma hora de exercício em três dias na semana (180 minutos), você já ultrapassa essa meta! Para queimar gordura e emagrecer é importante investir em atividades aeróbicas como: caminhadas, corridas, bicicleta, dança, natação, entre outros.

Não deixe de ganhar músculos
Praticar exercícios de força, como a musculação e pilates, também são superimportantes para ganhar músculos e fazer o corpo gastar calorias. Veja os benefícios da musculação para emagrecer

Tenha cuidado com as dietas da moda
Existem uma série de dietas que prometem o emagrecimento rápido. Fique atento a que custo essa perda de peso é alcançada. Muitas delas levam à perda de músculos, o que é especialmente prejudicial para quem quer emagrecer e manter o peso depois disso. Algumas dessas dietas são:

Diminua o consumo de sal e açúcar
O sal é o principal fonte de sódio, mineral que em excesso no organismo aumenta o risco de hipertensão e a retenção de líquido. Já o açúcar consumido em excesso se transforma em acúmulo de gordura, principalmente na região da barriga. Alimentos fontes de carboidratos simples são ricos em açúcar. Entre eles estão: açúcar de adição, refrigerantes, doces e os que contam com muita farinha branca, como pães, massas e bolos.

Saiba quando alguma coisa está errada com a dieta
Alguns sinais de que o emagrecimento rápido está prejudicando sua saúde são: queda de cabelo, unhas fracas e quebradiças, desânimo, fraqueza, indisposição, tontura, flacidez e constipação intestinal.

Saiba mais: Dieta para perder barriga: cardápio e alimentos que ajudam a reduzir gordura
Fique longe da gordura trans
Este tipo de gordura pode ser encontrada em alguns biscoitos, sorvetes, bolos industrializados, entre outros alimentos. A gordura trans aumenta o LDL (colesterol ruim para o organismo) e diminui o HDL (colesterol bom). Além disso, age também aumentando os triglicerídeos que pode ser armazenado no tecido adiposo. Veja os riscos da gordura trans e onde é encontrada. Veja os riscos da gordura trans e onde é encontrada

Reduza o consumo de gordura saturada
O consumo de gorduras saturadas em excesso está relacionado ao acúmulo de gordura no organismo, ou seja, dificuldade para emagrecer. Os alimentos com grandes quantidades de gorduras saturadas são: carnes vermelhas, leite integral, manteiga e queijos.

Fique de olho nas calorias dos alimentos
Olhar o rótulo dos alimentos é uma boa maneira de controlar o consumo de calorias. Saiba que os carboidratos possuem 4 calorias por grama, enquanto as proteínas também contam com 4 calorias por grama e as gorduras possuem 9 calorias em cada grama. Aprenda a decifrar os rótulos dos alimentos .

Beba uma média de 2 litros de água por dia
Consumir os líquidos certos contribui e muito para emagrecer de forma saudável. A recomendação é ingerir entre 30 a 35 ml por kg de peso corporal de líquidos, o que em média fica em torno de 2 litros por dia. Veja a importância de tomar água durante o dia para o emagrecimento e dicas de consumo.

Saiba mais: Dietas para emagrecer com saúde e mais rápido
Maneire na cervejinha
O álcool é uma substância tóxica para o organismo e o fígado dá preferência para metaboliza-lo primeiro. Essa mudança no metabolismo do fígado favorece o acúmulo de gordura no organismo. Veja os riscos do consumo em excesso de álcool para a saúde

Descubra qual é o seu peso ideal
O Índice de Massa Corporal (IMC) é uma maneira de avaliar se o peso da pessoa está dentro do considerado saudável ou não. Ele é calculado por meio do peso em quilogramas dividido pela altura ao quadrado (Kg/m²). Apesar de não mostrar a proporção de gorduras e músculos do corpo humano, o IMC ajuda a ter uma noção sobre se o peso do indivíduo está dentro do considerado saudável ou não. Calcule aqui seu IMC e descubra seu peso ideal.

Reduza o consumo diário de calorias
Para emagrecer rápido muitas pessoas optam por uma redução extrema de calorias. O consumo inferior a 1200 calorias por dia não é orientado para a perda de peso e pode levar a problemas como fraqueza, desmaio e, claro, efeito sanfona. Veja como cortar as calorias extras das refeições.

7 Dicas de Drenagem Linfática para Emagrecer como emagrecer saudável

Descubra se a Drenagem Linfática emagrece, os seus benefícios e o preço cobrado no mercado Brasileiro?

Os benefícios da drenagem linfática são enormes e há quem diga que não existe nada melhor para combater o inchaço, a retenção de líquido e a gordura localizada. O procedimento é simples mas necessita de um profissional qualificado e preparado para executar da forma corretora.

Leia também: Kifina funciona

Para que todos benefícios da drenagem linfática sejam percebidos por você, o profissional realiza inicialmente uma massagem leve por todo o seu corpo, seguindo o sistema linfático e potencializando a eliminação das toxinas, que muitas vezes o nosso próprio sistema não consegue eliminar – que vem a causar dores, inchaços, dificuldade em perder peso, fadiga e muitos outros problemas.

Leia também: Phytophen funciona

A Drenagem Linfática emagrece?

Quando o sistema linfático é estimulado, não apenas as toxinas são eliminadas como também gordura. O acúmulo de gordura muitas vezes acontece por certas regiões do corpo estarem obstruídas com toxinas que o linfonodos não conseguem eliminar. Se há o estímulo destas regiões, há a eliminação de gordura e toxina, ou seja, a drenagem linfática emagrece ou pelo menos ajuda no emagrecimento já que faz com que o seu corpo elimine gordura!

Leia também: Drenagem Linfática como fazer

Na região abdominal, a drenagem linfática possui o benefício de também ajudar na melhora das funções do intestino, eliminando toxinas que lá estão presentes, além de atuar na gordura localizada na barriga – uma das mais difíceis de eliminar com exercícios.

Se você está em um programa de emagrecimento – com uma dieta balanceada e de baixo consumo de gordura, exercícios regulares e de impacto e bons hábitos alimentares, a drenagem linfática irá otimizar ainda mais o processo, conferindo curvas mais acentuadas ao corpo, combatendo a retenção de líquidos e a gordura localizada, e até mesmo beneficiando o quadro de celulite. Basta umas duas ou três sessões de drenagem linfática executada por profissionais que já da para conferir a redução de medidas. Contudo, na primeira sessão, você já se sentira mais leve e à vontade com o seu próprio corpo. Acredite, funciona!

Leia também: Farinha seca barriga funciona

Relaxamento

A drenagem linfática á uma massagem leve e precisa. Ela irá proporcionar um relaxamento sem igual, diminuindo também os níveis de cortisol do corpo – o hormônio do estresse. Está comprovado que o estresse ajuda a engordar e a acumular substâncias nocivas à saúde, comprometendo todos os sistemas do organismo.

Quando a drenagem linfática é bem realizada, você passa a emagrecer gradualmente e a se sentir mais relaxado e integrado com o seu próprio corpo. A drenagem linfática ajuda a melhorar também o sistema imunológico, melhorando a celulite e o aspecto geral da pele.

Alimentação

A drenagem linfática emagrece, mas não faz milagres. É preciso que a pessoa passe a ter uma alimentação saudável, rica em proteínas e fibras, vitaminas e minerais. É preciso diminuir o consumo de carboidratos simples (massas brancas, pães, produtos industrializados, etc.) e de gorduras saturadas.

Retire do seu cardápio todos os alimentos industrializados (biscoitos, salgadinhos, molhos prontos, refrigerantes, bebidas alcoólicas, etc.) e frituras enquanto estiver realizando um pacote de sessões de drenagem linfática. Um corpo bonito será a garantia do seu esforço. Vale a pena conferir!

Exercícios

A drenagem linfática é perfeita quando você pratica exercícios físicos regulares. Além de tirar a tensão causada pelo impacto das atividades físicas, estas ajudam a ativar o sistema linfático, facilitando a ação da própria drenagem. Assim, o seu corpo consegue perder mais toxinas e gordura de forma mais rápida e fácil.

O principal aliado da drenagem linfática é o consumo regular de água pura. Tome pelo menos 3 litros de água por dia. Fará uma grande diferença na eliminação de gordura e toxinas do corpo, já que a drenagem linfática é bastante diurética. Os efeitos são visíveis no corpo, pele, fios de cabelo e até no humor. Ao executar exercícios você automaticamente se força a tomar um pouco mais de aguá do que normalmente tomaria, e isto ajudará ainda mais na perda de peso!

Como deve ser executada a Drenagem Linfática

Confira um pouco mais dos resultados e procedimentos da drenagem linfática e os benefícios que a técnica possui:

1- Os profissionais que realizam a drenagem linfática constantemente usam produtos específicos para este tipo de massagem. Primeiramente, a pele é preparada com uma esfoliação, que pode ocorrer na primeira sessão de forma mais intensa ou em todas as sessões de forma mais leve. Isso permite que o ativos dos cremes de massagem penetrem com mais facilidade do corpo.

2- Os cremes e óleos para a drenagem linfática possuem ingredientes ideais para promover a circulação e combater a gordura localizada e a celulite, como cafeína, gengibre, guaraná, ginkgo biloba, cavalinha e centelha asiática.

3- O mais indicado é que se faça a drenagem linfática após o banho, pois o calor promove a vasodilatação, melhorando ainda mais o processo.

4- Há profissionais que usam objetos como bambu, pedras quentes, aparelhos de massagem, etc. Isso refere-se na verdade à técnica utilizada. Contudo, tradicionalmente, a drenagem linfática é feita com as mãos por um profissional habilitado.

5- A drenagem linfática é feita no corpo todo, inclusive nas mãos e no rosto. Isso porque todas as áreas apresentam gânglios linfáticos que, ao serem estimulados, aceleram o processo de drenagem e perda de excesso de líquido corporal que causa inchaço e edema.

6- Você pode fazer uma sessão às vezes ou adquirir um pacote de 10 sessões, por exemplo. A drenagem linfática tem um efeito gradual, e desta forma, é interessante fazer de 1 a 2 vezes por semana e adquirir um pacote contínuo, que é mais econômico.

7- Você também pode realizar a drenagem linfática em si mesmo, utilizando técnicas conferidas diretamente na internet. O importante é dar a atenção que o seu corpo precisa, melhorando também os aspectos estéticos.

Qual o preço da Drenagem Linfática?

A drenagem linfática tem um preço que pode variar bastante, costuma variar entre R$ 45 e R$ 100 a sessão de 1 hora – estes valores variam conforme a região do Brasil e a clinica de estética em questão. Mas veja a drenagem linfática com um excelente investimento se o seu objetivo é emagrecer, melhorar o estado da celulite e se sentir melhor consigo mesma. Eu aposto que você também vai aprovar!

GEL REDUTOR COM CAFEÍNA

Desenvolvido para atuar na redução de medidas e gordura localizada. O mentol e a cânfora provocam um efeito crioterápico (resfriamento) que estimula o aumento da circulação local, aumentando o metabolismo, enquanto a cafeína auxilia na quebra da célula de gordura. Formulação em gel de rápida absorção. Produto livre de parabenos e sem adição de fragrância.

EFICÁCIA COMPROVADA.

Ativos:

Mentol – Extraído de várias espécies de menta, possui ação refrescante e analgésica.

Cânfora – Extraída da planta Cinnamomum Camphora, tem ação analgésica, antisséptica e estimulante.

Leia também: comprar Womax Gel Lipo

Cafeína – Com propriedades altamente estimulantes, melhora a textura da pele. Sua ação lipolítica, estimula a quebra de gordura, auxiliando no tratamento da celulite.

Modo de usar: Utilizar quantidade suficiente e aplicar sobre a pele uma vez ao dia, massageando até sua total absorção. Não remova o produto antes de duas horas da aplicação. Lave as mãos após a utilização. A sensação de resfriamento e sua duração podem variar.

Leia também: Phytophen funciona

Importante: Não utilizar durante a gestação e a amamentação. Aplique uma pequena quantidade do produto no antebraço. Aguarde 24 horas. Caso não ocorra nenhuma irritação, ardência ou coceira na pele proceda ao uso. Atenção: ao sinal de qualquer sensação de irritação, ardência ou coceira, lave imediatamente a região com água fria. Suspenda o uso do produto. Se os sintomas persistirem, procure orientação médica.

Leia também: Farinha seca barriga funciona

Precauções/cuidados: Em caso de irritação, suspender o uso imediatamente e procurar orientação médica. O produto não deve ser utilizado por pessoas hipersensíveis a qualquer componente da fórmula. Pode causar sensação de resfriamento no local aplicado. Não aplicar se a pele estiver irritada ou lesionada. Manter ao abrigo da luz e calor excessivos. Manter fora do alcance de crianças. Uso externo.

Leia também: Kifina funciona

Gel redutor de medidas funciona mesmo?

Atualmente, uma das maiores preocupações das mulheres que desejam emagrecer é saber se o gel redutor de medidas funciona realmente. Eles possuem muitas fórmulas diferentes, mas seus mecanismos tem o objetivo de atuar no corpo e reduzir números nos manequins de quem os usa.

Apesar desses cosméticos possuírem anos de estudos e experimentações laboratoriais, sempre existem aquelas que se perguntam: gel redutor de medidas funciona?

Se você também é dessas, leia o nosso artigo de hoje até o fim. Nós da Estante Feminina vamos esclarecer todas as suas dúvidas e de quebra daremos uma dica imperdível para você que quer perder peso de forma definitiva e saudável.

Como um gel redutor de medidas funciona?
Basicamente, todos os produtos que promovem o emagrecimento, sejam os remédios naturais de via oral ou géis redutores, precisam atuar sobre a gordura corporal. Enquanto os remédios conseguem atuar de modos diferentes graças a seu contato mais interno, um gel redutor de medidas têm apenas o contato com a pele para causar a perda de peso.

Praticamente, o gel redutor de medidas funciona por meio do efeito termogênico. Este efeito é causado por decorrência de um resfriamento localizado em certos pontos do corpo devido a alguns dos componentes do gel, como a cânfora e o mentol, que em alguns produtos são potencializados pela cafeína.

Ao se passar o gel na barriga por exemplo, rapidamente será gerado um resfriamento daquela região. O corpo então tornará a circulação sanguínea daquela parte do corpo mais rápida, para elevar a temperatura dessa parte a um ponto de equilíbrio com o corpo em geral.

Esse processo causa uma queima de gordura realmente localizada, já que a parte onde se aplica o produto terá mais gasto de energia.

Leia também: Kifina é bom

Eu preciso reduzir gordura localizada! Até 50% de desconto!
Quais as vantagens de escolher um gel redutor de medidas?
Agora que já explicamos o básico para que você entenda como um gel redutor de medidas funciona, é compreensível que deseje saber por que escolher usar um gel e não algum outro tipo de tratamento mais profundo.

Existem muitas razões, mas pode-se dizer que as principais são o custo e o risco menores. Procedimentos cirúrgicos como a lipoaspiração, por exemplo, são válidos? Sim, para o emagrecimento e perda de gordura localizada, mas as sessões não saem barato e podem ser muito perigosas nas mãos de profissionais não qualificados.

Leia também: Phytophen é bom

Já um bom gel redutor de medidas agirá no seu corpo de forma natural e não invasiva, por meio de certas reações corporais inerentes ao nosso corpo, promovendo a perda de peso e a lipólise, que é a quebra de gordura localizada para produzir energia.

Leia também: comprar Womax Gel Lipo

Para quem o gel redutor de medidas funciona e o que pode fazer por você na prática?
Sabemos que o certo é não responder a uma pergunta com outra pergunta, mas antes de te mostrar os benefícios que você terá na prática com esse gel redux da Estante Feminina, reflita sobre as seguintes situações:

Você já quis usar uma roupa mais leve no verão, mas sua barriga estava inchada por causa do calor e da retenção de líquidos?
Na hora de colocar um biquíni ou maiô para a praia você acabou não conseguindo por causa das gorduras localizadas (na barriga ou até mesmo aquele culote indesejado)?
Já quis realizar mais atividades no seu dia a dia, mas não conseguiu porque sofre com dores por falta de circulação sanguínea?
Quer eliminar as celulites das pernas e do bumbum, deixando sua pele com aspecto mais saudável?
Sofre com uma pele manchada ou com cicatrizes por causa TPM, gravidez ou outra situação parecida?
Então, o gel redutor de medidas da Estante Feminina serve para você!
Isso porque esse gel tem um diferencial muito grande dos outros que estão no mercado. Isso porque ele atua não apenas com a redução de medidas, como em outras áreas. Veja a seguir tudo o que o Gel da Estante Feminina faz por você:

Queima a gordura localizada;
Reduz as medidas e melhora a circulação sanguínea;
Tira o efeito laranja da pele e melhora o aspecto do rosto;
Tem ação anti-inflamatória e anti-envelhecimento, favorecendo a redução de líquidos no corpo , consequentemente, o inchaço;
Estimula a circulação do seu sangue e regenera a pele – que fica mais lisa e uniforme;
Combate e previne as celulites, inibindo a formação de novas células de gordura.
É claro que você não quer ficar de fora dessa, não é mesmo? Por isso que preparamos algo especial para você que é nossa leitora. Se quiser descobrir, clique no botão abaixo!

Como escolher corretamente o meu gel redutor de medidas

Existem muitos produtos diferentes no mercado na linha de géis redutores, todos possuem seus princípios ativos e a grande maioria tem base científica assim como testes em laboratório antes de chegar às consumidoras. No entanto, é importante estar atenta em alguns detalhes na hora de escolher seu gel redutor de medidas.

Sempre busque saber se o produto em questão foi testado dermatologicamente, se possui contraindicações, se a empresa que fabrica o gel têm registro e se o produto chegou a apresentar efeitos colaterais.

Vale lembrar que nenhum gel redutor de medidas funciona como mágica. Só ele não fará você ter perda significativa de peso.

A melhor abordagem é o seu uso aliado a uma boa dieta, exercícios físicos e descanso adequado, como falamos nesse artigo aqui, sobre o projeto verão 2018.

Se ainda assim, você não sabe como escolher seu gel redutor de medidas, temos uma ótima dica.

Massagem modeladora: benefícios e vantagens

Ter um corpo perfeito é o sonho da maioria das pessoas e isso tem contribuído para a busca por novas tecnologias que concretizem esse desejo ou torne-o mais próximo da realidade. Exemplo disso são as cirurgias plásticas, cosméticos, procedimentos de peeling, drenagem linfática e odontológicos, que, ao longo dos tempos, se desenvolvem, modificam suas técnicas ou são combinados com outros para otimização dos seus resultados. A massagem modeladora tem auxiliado muitas pessoas a tornarem sua autoestima cada vez mais positiva, e é sobre ela que iremos falar.

Assuntos [Mostrar]

Você sabe o que é a massagem modeladora e como ele deve ser feita?
Ela é um tipo de massagem que utiliza movimentos profundos e firmes no corpo, que possui como objetivo o alcance de camadas que estão em regiões mais profundas do tecido epitelial.

Outros nomes pelos quais ela é conhecida são: massagem power, massagem turbinada, lipoescultura com as mãos e massagem redutora.

Algumas de suas metas é a redução de gordura localizada e auxílio na definição das curvas corporais.

Os movimentos feitos durante a massagem também auxiliam o organismo a eliminar toxinas.

Durante o seu procedimento pode haver um pouco de dor, mas nada que não possa ser suportado. Hematomas após a massagem é um sinal de que o procedimento foi realizado da maneira errada.

Ela é um procedimento estético não invasivo que possui muita aceitação de pessoas que se preocupam com sua estética corporal.

Saiba para que ela serve
A massagem modeladora é indicada no tratamento de celulites e gordura localizada.

Pessoas que desejam dar mais definição às suas curvas também podem utilizar a massagem modeladora.

Alguns dos seus benefícios são:

Ajuda a melhorar a circulação sanguínea;
Auxilia na eliminação de células mortas;
Proporciona uma melhor oxigenação das células e tecidos, decorrente disso também auxilia nos processos de eliminação de gordura do organismo;
Proporciona uma melhor definição e modelagem corporal;
Ajuda o corpo a eliminar líquidos, e eliminar inchaços por eles causados;
Auxilia o intestino a funcionar da maneira correta;
Melhora os tônus muscular.
Ela também é um excelente recurso para quem deseja uma maneira econômica para cuidar do corpo, visto que o preço praticado em muitos estabelecimentos estéticos é menor, se comparado a outros tipos de procedimentos.

Outro aspecto positivo para seu uso é ela não se tratar de uma prática invasiva, sendo um procedimento rápido.

A prática de atividades físicas e uma alimentação adequada ajudam nos seus resultados.

Emagreça com a massagem modeladora
Embora ainda não se tenha atingido a um consenso sobre o fato de que o movimento com as mãos feitos durante a massagem modeladora, ela ajuda a estimular o metabolismo na região onde é feita, através da estimulação da circulação sanguínea.

Dessa maneira, aliada a hábitos de vida saudáveis contribui para o alcance do peso ideal e melhor saúde.

Tratamento de massagem modeladora com cosméticos
Com o decorrer dos tempos, através de estudos e pesquisas, descobriu-se novas formas de se realizar a massagem modeladora, e incluiu-se nas sessões o uso de ferramentas que melhorem seus processos, com é o caso dos cosméticos.

A indústria cosmecêutica é o ramo que se preocupa como desenvolvimento de produtos de efeito cosmético, que favoreçam aspectos estéticos dos indivíduos.

Leia também: Kifina reclame aqui

Alguns dos compostos utilizados para turbinar os efeitos da massagem modeladora são os seguintes:

Cafeína: contribui para aumentar o gasto de energia das células, tendo ação lipolítica e liporredutora;
Pimenta negra: auxilia a acelerar o metabolismo corporal, no processo de queima de gorduras e na redução do tecido adiposo da região do abdômen. Ativa a circulação sanguínea e é uma aliada da hiperemia local.
Fosfatidilcolina: atua estimulando a eliminação de gorduras presente no interior das células. Facilita o trabalho enzimático que trabalham degradando lipídeos existentes na membrana celular. Ela possui o nome comercial do comercialmente popular lipostabil.
O uso de cosméticos, na maioria das vezes, auxilia no aumento dos seus efeitos.

Leia também: o que é massagem redutora

Massagem modeladora associada a outras técnicas
O terapeuta ou esteticista que deseja potencializar os resultados da massagem modeladora pode associá-la a outras técnicas.

Exemplo disso é a associação dela com a termoterapia, que pode ajudar a reduzir os lipídios acumulados no organismo.

Quem deseja um efeito de lifting pode utilizar ataduras com gesso após o término do procedimento e alguns aparelhos podem ser utilizados para aumentarem seus efeitos, alguns deles são:

Vibrocell: Ajuda a melhorar a circulação sanguínea. É um aparelho vibratório com pontas calosas. Sua atuação também se dá nas células da pele e dos músculos;
Spectra: Atua aquecendo a superfície do tecido epitelial com temperaturas de até 40°. Contribui para uma pele mais firma, pois estimula a produção de colágeno, e também é um aliado do sistema circulatório;
Manthus: Ao emitir ondas atua estimula a vibração das células, na contração muscular e ajuda o corpo a eliminar toxinas pelos gânglios linfáticos.

Leia também: Phytophen reclame aqui

A ultracavitação é outra técnica muito usada para quem deseja melhores resultados com a massagem modeladora. Ela atua sobre técnicas de gordura e consegue atingir profundidades maiores do que a alcançadas por aparelhos de ultrassom.

A quebra de gordura acontece devido a formação de microbolhas nos líquidos corporais, que são influenciadas pelas vibrações que ocorrem devido a ondas mecânicas.

A criolipólise também pode ser usada junto com esse tipo de massagem. Ele é feito resfriando-se intensamente o local onde se deseja realizar a quebra de gordura. Isso proporciona que gordura corporal seja eliminada sem danificar tecidos vizinhos. Após ser congelada, a célula de gordura não retorna para a sua forma inicial e o organismo procede à sua eliminação. É uma das técnicas mais eficazes no combate a gordura localizada, além de ser um procedimento não invasivo.

Leia também: Farinha seca barriga reclame aqui

A massagem modeladora é uma excelente maneira de cuidar da saúde e da estética.

Se você tem interesse em realizar esse procedimento estético pesquise sobre quais os melhores profissionais, para que seu investimento tenha o retorno esperado. Geralmente ela é realizada por esteticista ou terapeutas dermato-funcionais.

Mas tenha cuidado, nem todas as pessoas podem realizar a massagem modeladora, ela deve ser evitada por grávidas, pessoas com infecções, osteoporose, trombose, com alguns tipos de fratura óssea e gânglios inchados. Converse com o seu médico sobre o uso dessa massagem para melhorar a sua qualidade de vida.

18 Remédios para emagrecer que são naturais e não prejudicam a saúde

Nesse artigo você irá conhecer 18 remédios naturais que ajudam emagrecer se tomados de forma correta e aliados a uma dieta equilibrada.

Leia também: Farinha seca barriga funciona
Perder peso e aquelas gorduras localizadas é o que muita gente quer e passa um longo tempo correndo atrás.

Ter uma dieta balanceada, ou seja, que você coma a quantidade necessária de comidas saudáveis, e fazer exercícios físicos de maneira regular são essenciais para ver os números da balança reduzindo.

Além do mais, você melhora a sua saúde de maneira global já que uma boa alimentação e exercícios diários interferem positivamente em todos os sistemas do corpo.

Leia também: Phytophen funciona

Índice – Principais informações sobre remédios para emagrecer nesse artigo:

Conteúdo deste artigo [Mostrar]

Remédios naturais para emagrecer ou termogênicos?
Na corrida contra a balança é muito comum ver pessoas recorrendo aos famosos suplementos termogênicos.

Eles são amplamente conhecidos por aumentar a temperatura do organismo, acelerar o metabolismo e ter efeitos rápidos na perda de gordura e emagrecimento.

O problema com esses termogênicos feitos em laboratório, é que costumam causar muitos efeitos colaterais adversos como:

taquicardia,
irritação,
tontura, tremores,
suor excessivo,
insonia,
mal estar;
náuseas, entre outros.
Por esses motivos, muitas pessoas estão dando preferência ao remédio para emagrecer que seja natural, sem comprometer a saúde e ainda alcançar a tão desejada perda de peso.

Eles oferecem menos riscos para a saúde, são fáceis de serem encontrados e o melhor de tudo, são muito mais baratos.

Leia também: Kifina funciona

Veja agora quais são os mais procurados no mercado e como eles agem no nosso corpo.

Você conhece os melhores suplementos para definição muscular? Não? Então veja: Os 17 melhores suplementos para definição muscular

18 remédios naturais para emagrecer rápido
1 – Café verde
Certamente o café verde é o remédio natural mais eficaz para o emagrecer. E com pouca ou nenhuma reação adversa ou efeitos colaterais quando se consumido com responsabilidade.

Extraído do grão de café verde, hoje em dia esse produto é vendido em cápsulas que facilitam ainda mais a sua ingestão.

Muito à frente dos próximos emagrecedores dessa lista quanto a eficiência e resultados, já que existem vários estudos científicos que comprovaram que além de queimar gordura e diminuir o peso, o café verde ajuda a combater a celulite e proporcionar o efeito barriga chapada.

Seu preço em relação a custo x benefício acaba compensando no final.

Veja informações mais detalhadas e onde você pode comprar o produto pelo melhor preço, clique aqui.

2 – Pholia Magra

Essa erva ajuda a reduzir a fome e ainda auxilia na queima de calorias. Ela é indicada especialmente para aquelas pessoas que não gostam de praticar exercícios físicos.

Apesar de não ser mais famosa na Europa e nos Estados Unidos, a Pholia Magra é uma planta nativa.

Os seus efeitos para a perda de gordura são tão eficazes que ganhou o apelido de “erva antibarriga”.

Um dos principais compostos da planta é a cafeína, que pode ser um dos seus segredos para acelerar o metabolismo e conseguir excelentes resultados.

Ela pode ser encontrada em cápsula e é vendida em grandes lojas e farmácias de manipulação.

Para ter mais informações e onde comprar a Pholia Magra com preço promocional clique aqui.

3 – Pholia Negra

Esta planta consegue ser um potente emagrecedor inibindo a fome do indivíduo.

Ele faz com que a digestão se torne mais lenta e assim o estômago ficará cheio por mais tempo.

É ideal para aquelas pessoas que possuem o péssimo hábito de comer em grande quantidade, repetindo a refeição.

A recomendação é tomar dois comprimidos de 100 mg duas vezes ao dia, pelo menos 15 minutos antes das refeições principais.

Para ter mais informações e onde comprar a Pholia Negra com preço promocional clique aqui.

4 – Spirulina

A Spirulina tem se destacado nós últimos anos e é considerada também um remédio para emagrecer 100% natural.

Além de auxiliar na perde de peso, ela ajuda a reduzir o colesterol, tem ação anti-inflamatório, combate a anemia porque é rica em ferro e também em proteínas, ideal para quem deseja ganhar massa muscular.

Nesse artigo você pode tirar maiores dúvidas de onde comprar, todos os benefícios e como tomar a spirulina corretamente.

Para ter mais informações e onde comprar a Spirulina com preço promocional clique aqui.

5 – Pommeprote
Funciona aumentando a saciedade e consegue reduzir a ingestão de alimento em até 44%. Esse remédio natural é indicado para pessoas que sofrem com a compulsão por comida. Um bom exemplo são os ataques à geladeira de madrugada.

Você encontrará o pommeprote em forma de gomas como jujubas em vários sabores.

O ideal é mastigar uma 30 minutos antes das refeições ou no momento em que você sentir muita fome.

6 – Casiolamin

Também chamada de Cassiolamina, essa substância vem de uma leguminosa de região tropical, mais encontrada na África e na Ásia.

Ela age diretamente no metabolismo das gorduras, reduzindo a ação da lipase e impedindo que a gordura dos alimentos seja quebrada e armazenada no tecido adiposo.

Ela consegue inibir que até 30% da gordura não seja absorvida pelo organismo.

7 – Piruvato de cálcio
Indicado para quem pratica exercícios físicos, especialmente a musculação, o piruvato de cálcio consegue coletar grande quantidade de açúcar que está circulando na corrente sanguínea e encaminhá-la para os músculos.

Esse mecanismo acontece um pouco antes da prática dos exercícios e isso aumenta a resistência, melhorando o seu desempenho.

Ele também aumenta o metabolismo fazendo com que o corpo gaste mais energia do que o normal.

8 – Chá verde

Já bastante conhecido, o chá verde tem como substância base a cafeína, que acelera o metabolismo e o gasto calórico.

Além de auxiliar na perda de peso, ela é rica em antioxidantes e dessa forma consegue eliminar os radicais livres do corpo.

Você deve consumir no máximo 600 ml de chá verde ou 5 xícaras por dia.

Você deve fazer uma infusão com duas colheres de sopa das folhas em 600 ml de água. Armazene uma garrafa térmica e beba durante o dia.

9 – Advantra Z

É termogênico extraído de uma fruta conhecida como Laranja Amarga.

A advantra Z consegue fazer tudo o que um termogênico fabricado em laboratório faz sem os efeitos colaterais indesejados como a alteração dos batimentos cardíacos ou elevação da pressão arterial.

É ótima para os praticantes de musculação porque reduz a ação do catabolismo nos músculos. Por isso, também é indicada para quem quer definição muscular.

Veja também:
15 Remédios para emagrecer e cuidados importantes
10 – Faseolamina

A faseolamina é uma glicoproteína encontrada no feijão branco e que tem como principal mecanismo de ação a inibição da enzima alfa-amilase.

Esta, tem como função principal a transformação do amido em glicose (carboidratos), que posteriormente, será transformado em gordura e armazenado no tecido adiposo.

Você pode consumir a substância diretamente pelo feijão cozinho, em farinha ou em cápsula, pelo menos meia hora antes das refeições principais.

Uma colher de chá da farinha misturada com um pouco de água já é o bastante para ver os seus efeitos.

11 – Caralluma

Quer perder 3 kg por semana? A caralluma possui o seu princípio ativo extraído do cacto, tem a promessa de oferecer sensação de saciedade rapidamente, inibindo a fome.

Também promove maior disposição e inibe a absorção dos carboidratos contidos nos alimentos.

Os exercícios em conjunto com uma dieta balanceada com a caralluma consegue eliminar até 3 kg em uma semana.

Uma cápsula de 300 mg uma hora antes das refeições principais já é o suficiente.

12 – Koubo

Feito a partir de extrato de cacto, ele consegue oferecer um efeito emagrecedor significativo.

Ele aumenta a sensação de saciedade, possui efeito diurético e antioxidante.

Como se pode ver é um excelente remédio natural para limpar o corpo de toxinas.

O grande diferencial do koubo é que ele se encaixa perfeitamente para aquelas pessoas que não aguentam passar um dia sem comer um doce.

Ele tem ação antioxidante e aumenta a liberação de glucagon, um hormônio responsável por usar as nossas reservas energéticas, principalmente no tecido adiposo.

13 – Diuréticos

Possuem como principal função eliminar líquido do organismo e com ele, as toxinas que ingerimos nos alimentos.

Muitas pessoas retém líquido por causa do consumo excessivo de sódio encontrado em alimentos como os embutidos (presunto, mortadela) e enlatados (azeitonas, palmito, atum, sardinha).

Os diuréticos de alça são os mais indicados, pois inibem o organismo de reabsorver o sódio que está prestes a ser eliminado.

Não se esqueça de beber muita água e outros líquidos para não sofrer com a desidratação. Um bom exemplo natural de diuréticos é o suco de abacaxi.

Veja também:
Chá Diurético – Lista com os 8 melhores (Para Emagrecer e Desinchar)

14 – Suco e farinha de berinjela

A berinjela consegue oferecer inúmeros benefícios para o organismo além da perda de peso. Ela ajuda a queimar calorias e ainda reduz o apetite.

Você pode encontrar em lojas de produtos naturais a farinha em saquinhos ou então em cápsula.

Os valores são em conta e variam entre 15 e 30 reais dependendo do tipo que você prefere.

Uma colher de sopa de farinha deve ser usada duas vezes por dia, nas principais refeições acompanhando um alimento.

Veja também:
Receitas de suco e farinha de berinjela para emagrecer
15 – Affinato
É um remédio natural extraído da quitosana, uma substância produzida a partir do exoesqueleto de crustáceos.

Essa substância impede a absorção da gordura dos alimentos e assim, auxilia na perda de peso.

Mas atenção! Pessoas que são alérgicas a frutos do mar não devem consumir o affinato, ainda que ele seja um produto natural.

A recomendação é tomar 1 cápsula 2 horas antes do almoço com água.

16 – Água gelada

É isso mesmo que você leu. A água pode te ajudar a perder alguns quilos evitando que você coma mais.

Além de ser vital para o bom funcionamento dos sistemas do corpo. Tomar um copo de água antes das principais refeições e antes dos lanches é uma forma de comer menos.

Como o estômago já está parcialmente cheio de água, a sensação de saciedade não demorará a chegar e a tendência é comer menor do que o habitual.

Ao ingerirmos água gelada, o corpo entre num processo chamado de termogênese para poder aumentar a temperatura, esse processo demanda energia, o que ajuda a queimar calorias, com isso, podemos afirmar que tomar água gelada contribui para o emagrecimento!

Veja também:
12 Melhores Suplementos para Emagrecer (Atualizado 2019)
17 Vinagre de maçã

Apesar de não ter pesquisas e estudos que confirmem os benefícios do vinagre de maçã, os seus benefícios são passados de uma pessoa para outra e rapidamente o seu consumo tomou grandes proporções.

Ele ajuda no controle dos níveis de açúcar no sangue e ajuda a inibir o apetite.

Leia também: Remédio caseiro para emagrecer bula

Existem duas formas comuns de consumo: acrescentar duas colheres de sopa na salada ou diluir em um copo de água.

18 – Smoothie verde

Na verdade, esse remédio natural é um mix batido no liquidificador com verduras e hortaliças.

Com 500 ml de água, você irá colocar para bater:

couve;
espinafre;
salsa;
maçã verde;
banana;
lasca de gengibre;
hortelã
morango.
Rende até 3 copos e pode ser tomado ao longo do dia.

Eles ajudam na verdade de peso, pois a quantidade significativa de fibras encontradas ajuda a trazer maior saciedade.

Além do mais, esses alimentos possui vitaminas importantes para o bom funcionamento do organismo.

Remédio para emagrecer rápido, quais os resultados?
Tomou algum desses remédios para emagrecer ou outro que não está nessa lista e quer contar sua experiência?

Atividade física

A atividade física e, inversamente, comportamentos sedentários, afetam o desenvolvimento físico e cognitivo das crianças. Este tema tem o objetivo de ampliar a compreensão sobre o impacto das próprias práticas sobre as habilidades motoras das crianças, bem-estar psicológico, competência social e maturidade emocional , e recomendar práticas para as crianças.

Introdução
Síntese
Segundo especialistas
Tema completo
Compartilhar:0
Voltar às publicações recentes
Intervenções para promover a atividade física na primeira infância
Stewart G. Trost, PhD

Oregon State University, EUA

Janeiro 2011 Janeiro 2011 (Inglês). Tradução: janeiro 2016
Versão em PDF
Introdução

É essencial praticar bastante atividade física ao longo da primeira infância para crescer e se desenvolver normalmente.1 A atividade física constitui também um importante fator de prevenção do sobrepeso e da obesidade em crianças pequenas.2,3 Reconhecendo a importância das atividades físicas regulares, a National Association for Sport and Physical Education (NASPE) dos Estados Unidos publicou recomendações para que todas as crianças, do nascimento aos cinco anos de idade, pratiquem diariamente atividades físicas para promover a boa forma ligada à saúde e o desenvolvimento das habilidades motoras.4 Recomendações semelhantes foram formuladas por clínicos, pesquisadores e representantes do setor da educação para as crianças pequenas no Canadá, na Austrália e no Reino Unido. Entretanto, apesar da importância de praticar regularmente atividades físicas, estudos objetivos de monitoramento realizados na América do Norte, na Austrália e no Reino Unido sugerem que as crianças pequenas praticam relativamente poucas atividades físicas diárias de intensidade moderada a forte.5

 

Leia também: Exercícios para queimar calorias rápido

Assunto

O problema muito difundido da inatividade física, conjugado a um aumento contínuo da prevalência da obesidade em crianças menores de cinco anos, ressalta a urgência de elaborar políticas e programas eficazes porém facilmente realizáveis para promover a atividade física das crianças pequenas. Essa breve revisão pretende resumir o que se sabe atualmente a respeito das intervenções para promover a atividade física nas instalações destinadas à primeira infância.

Problema

Pouquíssimas intervenções visando promover a atividade física das crianças menores de cinco anos foram avaliadas de maneira rigorosa e sistemática. Em consequência, temos muito poucas evidências científicas para relatar aos formuladores de políticas, planejadores e prestadores de serviços sobre aquilo que funciona e aquilo que não funciona quando se trata de estimular as crianças a serem mais ativas.

Leia também: Phytophen funciona

Contexto da pesquisa

Uma vez que uma ampla proporção das crianças menores de cinco anos frequenta regularmente uma creche ou um serviço de guarda, os estudos sobre as intervenções relativas ao assunto foram principalmente realizados em instalações e centros para a primeira infância.6 Convém notar que as intervenções ligadas à atividade física realizadas em outros tipos de estabelecimentos de guarda de crianças, como as creches domiciliares, começaram a ser tratadas na literatura científica.7

Perguntas-chave para a pesquisa

Os estudos publicados nessa área avaliaram principalmente se os programas educativos focados na atividade física estruturada, no treinamento de habilidades motoras ou na diminuição do número de horas passadas em frente da televisão são de fato eficazes para aumentar a atividade física. Outros estudos analisaram o impacto de mudanças ambientais ou de políticas específicas sobre o nível de atividade física em creches.

Leia também: Kifina funciona

Resultados recentes de pesquisa

Até agora, oito estudos utilizaram propostas de estudos experimentais para avaliar as intervenções destinadas a promover a atividade física das crianças pequenas. Cinco deles testaram a eficácia de programas educativos especializados em atividade física ou de programas de treinamento de movimentos,8-12 enquanto que os outros três avaliaram as consequências de mudanças ambientais ou de políticas sobre o nível de atividade física.13-15

Nos cinco estudos sobre programas educativos, as sessões de atividade podiam comportar exercícios de treinamento muito focados e normativos (pular, saltar, pular corda e treinamento em circuito) ou brincadeiras e representações imaginativas adaptadas ao nível de desenvolvimento e exigindo certa atividade física. Dois dos estudos incluíram estratégias para melhorar as habilidades motoras fundamentais.9,12 O pessoal responsável pela pesquisa e/ou os professores com formação apropriada implementaram as sessões ou as aulas de atividades planejadas. As crianças participavam de três a seis vezes por semana nas sessões de atividades. Os programas tinham uma duração total entre 14 semanas e 12 meses.

De uma maneira geral, os programas educativos não tiveram muito êxito na promoção da atividade física para as crianças pequenas. Entre os cinco estudos sobre os programas educativos, apenas dois relataram melhorias significativas em termos de atividade física.8,9 Contudo, esses dois estudos podem ser considerados como estudos de treinamento de exercícios controlados que implementaram sessões de atividade física muito estruturadas e repetitivas. Não é, portanto, de se estranhar que tenham levado a um aumento da atividade física. Nos três estudos inconclusivos, o pessoal das creches recebeu uma formação para implementar brincadeiras e atividades adaptadas ao nível de desenvolvimento, e que permitiam fazer atividades físicas de intensidade moderada a forte e desenvolver as habilidades motoras.10-12 A falha desses estudos em estimular as crianças pequenas a praticar mais atividades físicas pode ser ligada ao fato que seus programas estavam focados na prevenção da obesidade e não na atividade física em si. É também possível que as intervenções não tenham sido longas ou intensas o bastante para provocar mudanças de comportamento significativas. Contudo, dois dos três estudos relataram uma redução significativa da massa gorda das crianças. Levando-se em consideração o efeito positivo sobre a obesidade, é possível que os protocolos de medição utilizados para quantificar o comportamento de atividade física não tenham sido suficientemente sensíveis para detectar alterações na atividade física.

Ainda que existam poucos estudos que avaliaram as intervenções ambientais ou políticas para promover a atividade física, eles relataram resultados positivos. A adjunção de equipamentos de playground portáteis nas creches e a formação dos professores visando integrar a atividade física a suas aulas habituais resultaram em uma elevação significativa da atividade física diária medida de maneira objetiva.13,14 Convém observar que dar diariamente 60 minutos adicionais de recreio ao ar livre ou de brincadeiras livres não estimulou as crianças pequenas a praticar mais atividades físicas de intensidade moderada a forte.15

Lacunas da pesquisa

Para melhorar nossa compreensão nessa área, eis algumas perguntas-chave que devem ser abordadas: 1) quais são as características dos ambientes-chave que estimulam a atividade física de crianças pequenas? 2) será que os programas visando promover o desenvolvimento motor ou a atividade física dos bebês e das crianças menores são garantidos e, se for o caso, quais seriam os parâmetros e as estratégias eficazes? 3) será que as mudanças feitas no ambiente da creche, como a incorporação de um playground natural e a melhoria das competências de liderança dos prestadores de serviços em matéria de atividades físicas são eficazes para estimular as crianças pequenas a praticar mais atividades físicas? 4) será que os programas de atividades físicas estruturadas conduzidos por especialistas em educação física ou fornecedores de atividades físicas em ambiente comunitário são realistas, viáveis, duradouros e eficazes para promover a atividade física nos diversos ambientes de vida das crianças? 5) como as pessoas que cuidam das crianças podem incentivar e motivar os pais e outros cuidadores a promover e apoiar as atividades físicas em casa?

Conclusões

São poucas as intervenções visando promover a atividade física em crianças menores de cinco anos que foram avaliadas com o devido rigor. Embora limitadas, as evidências disponíveis sugerem que modificações simples, feitas no ambiente externo de brincadeiras e jogos, como a adição de um equipamento de playground portátil pronto para uso, podem estimular comportamentos de atividade física. Além disso, treinar os professores para que integrem o movimento no programa habitual de suas aulas parece ser eficaz para elevar o nível de atividade física das crianças em idade pré-escolar. No entanto, devido ao fato que esses resultados resultam de estudos de viabilidade em pequena escala, essas conclusões precisam ser confirmadas no âmbito de estudos aleatórios controlados de maior alcance.

Até agora, os programas educativos que oferecem oportunidades de brincadeiras adaptadas ao nível de desenvolvimento, com atividades de intensidade moderada a forte, e de desenvolvimento das habilidades motoras fundamentais não conseguiram promover a atividade física. Pode ser que esses métodos sejam simplesmente ineficazes e, neste caso, outras estratégias precisem ser consideradas. Todavia, deve-se observar que esses estudos: 1) eram focados na prevenção da obesidade e não na atividade física em si, 2) ofereciam sessões de atividades relativamente curtas (cerca de 30 minutos) e de baixa frequência (três dias por semana), 3) foram realizados em um curto período de tempo (de 12 a 24 semanas) e 4) utilizaram protocolos de medição da atividade física com sensibilidade limitada para detectar mudanças nos comportamentos relativos às atividades físicas.

Os programas de atividades físicas conduzidos por adultos e com sessões diárias de treinamentos de exercícios, muito estruturadas, resultaram em níveis mais altos de atividade física. Contudo, convém notar que esses estudos eram, antes de qualquer coisa, sobre treinamento físico, onde o aumento da atividade física era o fator sendo modificado (a variável independente) e não o resultado da mudança (a variável dependente). Em consequência, pode-se questionar se essas conclusões podem ser generalizadas em um contexto de saúde pública para promover a atividade física das crianças pequenas.

Implicações para os pais, os serviços e as políticas

Para os formuladores de políticas e os fornecedores de serviços, a literatura científica existente fornece poucas informações sobre quais seriam as abordagens eficazes para promover a atividade física das crianças pequenas. A pesquisa sugere que a capacitação dos funcionários dos serviços de guarda para que ofereçam mais oportunidades de praticar atividades físicas em sala de aula e no recreio pode ser uma estratégia eficaz. Do ponto de vista da saúde pública, a formação do pessoal dos serviços de guarda é especialmente atraente, uma vez que essas formações poderiam ser obrigatórias para a obtenção da licença e seriam oferecidas por meio das redes existentes de educação e formação desse pessoal.

De acordo com os resultados disponíveis, os formuladores de políticas e os fornecedores de serviços deveriam ser cautelosos ao adotar programas educativos autônomos focados em atividades físicas estruturadas e treinamento de habilidades motoras, uma vez que há poucas provas da sua eficácia. Contudo, é importante observar que os programas estruturados não são suscetíveis de prejudicar as crianças pequenas. Na prática, esses programas podem trazer benefícios para as crianças pequenas quando implementados de maneira responsável e adaptados a seu nível de desenvolvimento.

Embora as evidências relativas às intervenções ligadas à atividade física nas creches não sejam definitivas, não resta dúvida que os pais têm um papel muito importante no desenvolvimento e no apoio dos comportamentos de seus filhos no tocante à atividade física.16,17 Na falta de programas baseados em evidência para promover a atividade física nas creches, os pais devem chamar para si a responsabilidade de estimular e favorecer a atividade física de seus filhos. Portanto, a elaboração de programas visando educar e apoiar os pais nessa área deve ser uma prioridade.

Farinhas que são aliadas do emagrecimento saudável

Com tantas dietas malucas surgindo aos montes a todo momento, é simplesmente maravilhoso quando a gente fica sabendo de jeitos SAUDÁVEIS para perder aqueles quilinhos extras que nos tiram a paz. Certas farinhas tem esse poder e estão se tornando cada vez mais populares. Confiram os tipos de farinhas e como funcionam no organismo.

Algumas farinhas oferecem muitos benefícios para nosso organismo, como: Aumento do suporte de vitaminas e sais minerais, efeito antioxidante promovendo uma verdadeira faxina no corpo, redução da absorção de açucares e gorduras, regulação do apetite através do atraso do esvaimento gástrico, o que faz com que a fome demore de aparecer, regulação intestinal (intestino funcionando igual um reloginho) e conseqüentemente regulação do metabolismo. Algumas farinhas são capazes até de controlar os sintomas da menopausa que incomodam muito as mulheres que estão passando por essa fase.

As opções de farinhas que auxiliam no emagrecimento são grandes, e a boa notícia é que a maioria são muito fáceis de serem encontradas.

Farinha de amora

Comecei a me interessar por essas farinhas saudáveis depois que li uma matéria explicando o poder da farinha de amora preta para aliviar os sintomas da menopausa. Aí para ajudar minha mãezinha que está passando por essa fase e sofrendo com o climatério comprei para ela a farinha de amora preta. Minha mãe amou e sentiu que as ondas de calor diminuiram muito, o que contribuiu para uma melhora na sua qualidade de vida. Bom, só por isso já estava valendo, mas a surpresa foi que minha mãe passou a perder peso, em 3 meses ela emagreceu 5 kg e, claro, aprovou muito. A farinha de amora contém alto teor de fibras, em especial a pectina, que prolonga a sensação de saciedade, melhora o funcionamento intestinal, evita a retenção de líquidos além de reduzir a absorção de açúcar e gordura, nada mal né gente?

Farinha de banana verde

Esse farinha reduz a glicose no sangue e assim evita os picos de açúcar no sangue. Gente, basicamente quanto mais açúcar no sangue mais o organismo produz insulina e o problema maior é esse, a insulina é um hormônio que, em excesso, faz com que o organismo estoque mais gordura. A farinha de banana verde também melhora o funcionamento do intestino o que também propicia a perda de de peso.

Farinha de maracujá

A farinha de maracujá também é rica em pectina, essa fibra é do tipo solúvel, o que significa que em contato com a água, ela se transformam em um gel. Esta mistura no estômago inibe a absorção de glicose e lipídios. E mais, elas envolvem as partículas de gordura e açúcar e mandam para fora do organismo junto com as fezes.

Farinha de feijão branco

Rico em Faseolamina A, proteína que inibe a digestão de carboidratos o que acaba diminuindo a absorção de carboidratos. o consumo da farinha de feijão branco reduz em ate 20 % a ingestão de carboidratos, então seria como se você ingerisse uma porção menor de um doce, por exemplo. Seria indicada até para quem precisa fazer o controle de glicose no sangue.

Farinha de Linhaça

Leia também: Phytophen é bom

A farinha de linhaça é rica em omega 3 e ai é só benefícios, gente: Ajuda a regular a pressão arterial, é bom para visão, auxilia no tratamento da depressão, auxilia no alivio da artrite reumatóide, é boa para o cérebro, auxilia na prevenção de diabetes tipo 2 e por aí vai. O ômega 3 consegue modular a expressão de neurotransmissores que são responsáveis por controlar a fome e reduzir a presença de proteínas responsáveis por aumentar o apetite. Para maiores informações sobre o Omega 3 clique aqui.

Farinha de berinjela

Leia também: comprar Farinha seca barriga

Você sabia que a farinha de berinjela tem 10 vezes mais fibras do que a berinjela in natura? Sim, por seu rico teor em fibras essa farinha ajuda a regular o intestino, além de dar maior sensação de saciedade, o que evita que a pessoa fique beliscando o tempo todo. A farinha de berinjela também é rica em vitaminas A, C e as do complexo B o que fortalece nossa imunidade e melhora a visão. A berinjela por si só é um legume riquíssimo em água e com pouca gordura, ótimo para incluir na dieta. 100 gramas de berinjela possuem 25 calorias.

Então lindezas, essas foram as dicas de farinhas a se incluir em uma dieta rica em propriedades benéficas, espero que vocês tenham gostado.

Até o próximo post!

 

Além de associar uma alimentação equilibrada à prática de atividades físicas, comer de 3 em 3 horas é um ponto importante

Perder peso não é a tarefa mais difícil do mundo, mas, quem já passou por um processo de emagrecimento sabe: exige dedicação, paciência e perseverança. Porém, com certeza vale a pena!

Leia também: Comprimido para emagrecer funciona?

A pessoa que decide que quer emagrecer, seja por uma questão estética, seja por uma preocupação com a saúde, deve, em primeiro lugar, procurar a ajuda de um(a) nutricionista que possa orientá-la nesse processo. Deve, também, ter em mente que “dietas malucas” e/ou radicais, que prometem resultados quase que instantâneos, são prejudicais e dificilmente oferecerão uma perda de peso eficaz e definitiva.

Leia também: Kifina

Como a maioria das pessoas já sabe, emagrecer não tem segredo: é fruto de uma boa alimentação aliada à prática regular de atividades físicas.

Porém, algumas orientações são importantes e podem ajudar nesse processo! Confira as dicas a seguir:

1. Siga uma dieta saudável

FOTO: REPRODUÇÃO / GIPHY

A primeira orientação não poderia ser outra. Ninguém emagrecerá de forma saudável e definitiva se não seguir uma alimentação equilibrada.

Leia também: 10 alimentos para um detox poderoso

Carina Amorim de Sá, nutricionista da Academia Contours, explica que alimentos ricos em fibras solúveis e insolúveis – presentes em pães 100% integrais, arroz integral, quinua, linhaça, chia em grãos, aveia, vegetais como alface, couve, escarola etc. – não podem faltar no cardápio de quem está buscando emagrecer. “Pois, além de serem mais nutritivos, vão facilitar o funcionamento do intestino e aumentar a saciedade, levando à redução do consumo calórico”, diz.

Leia também: Phytophen

De maneira alguma podem faltar frutas, verduras e legumes variados na dieta, pois, ressalta a nutricionista, essas são as melhores fontes de vitaminas, minerais e antioxidantes, importantes para manter o metabolismo ativo, aumentar a produção de energia e facilitar a perda de peso.

“Boas fontes proteicas, como frango, ovos e peixes, são importantes para a manutenção da massa muscular e para propiciar maior saciedade, evitando o alto consumo calórico”, acrescenta Carina.

2. Coma de três em três horas

FOTO: REPRODUÇÃO / GIPHY

Carina de Sá destaca que comer de três em três horas mantém o metabolismo ativo. “Ou seja, o corpo evita ‘poupar’ calorias para exercer suas atividades diárias, pois entende que sempre vai chegar alimentos para produção de energia”, diz.

A nutricionista explica que isso é interessante pois, até mesmo quando a pessoa “extrapola” nas calorias, nos dias “livres” da dieta, o corpo, por estar com o metabolismo ativo, vai ter mais facilidade em gastar as calorias extras consumidas.

Leia também: 11 maneiras de eliminar ou diminuir a gordura acumulada no culote

Além disso, acrescenta Carina, se ficar em jejum por mais de três horas, o corpo libera um hormônio chamado cortisol, que causa aumento da gordura abdominal e quebra da massa muscular. “Isso é muito ruim, pois deixa o metabolismo mais lento e dificulta a perda de peso”, destaca.

3. Nunca se esqueça de se alimentar

FOTO: REPRODUÇÃO / GIPHY

Algumas pessoas têm dificuldades em seguir a orientação de comer de três em três horas, seja porque acabam esquecendo, por falta de tempo ou até porque não sentem fome nesse período relativamente curto.

Porém, não há escapatórias! Quem ainda não tem o costume de comer de três em três horas e quer emagrecer de forma saudável, deverá criar este hábito.

“Deve-se pensar no alimento como remédio, ‘comer para emagrecer’, é essa a ideia. Então, coloque avisos no celular ou na agenda para não se esquecer de se alimentar”, orienta Carina de Sá.

“Mesmo que a pessoa comece comendo bem pouco, o corpo vai se adaptando e começa a sentir fome nos horários estabelecidos. E assim, o metabolismo vai acelerando e, daí para frente, vai ser difícil ficar sem comer a cada três horas”, acrescenta a nutricionista.

Leia também: 12 alimentos leves para comer à noite sem ficar com o estômago pesado

4. Beba bastante água

FOTO: REPRODUÇÃO / GIPHY

Carina de Sá destaca que a água é essencial para produção de energia: ela ajuda a transformar o alimento em energia, ajuda a transportar esses nutrientes e o oxigênio até as células. “É desintoxicante, além de evitar o inchaço, retenção de líquidos, enxaqueca e fadiga”, explica.

A nutricionista orienta a pessoa a começar e terminar o dia já bebendo um copo de água. “Ao longo do dia, se preciso, também coloque lembretes no celular a cada uma hora com o aviso para tomar água. Deixe uma garrafa de 500ml ou de 1,5l de água o mais perto possível do local de trabalho e, sempre que passar por um bebedouro, encha e beba um copo de água”, sugere.

“Atenção! Não espere a sede chegar para beber água. Ela já é um sinal da desidratação, ou seja, seu corpo já está sofrendo com a falta de água”, acrescenta a profissional.

5. Evite alimentos com alto índice glicêmico e pobres em nutrientes

FOTO: REPRODUÇÃO / GIPHY

Seguir uma alimentação saudável sugere, também, “fugir” de alguns alimentos. “É preciso evitar aqueles que possuem alto índice glicêmico e são pobres em nutrientes, como os alimentos refinados: arroz branco, pão branco, doces e açúcares em geral”, diz Carina de Sá.

6. Evite alimentos industrializados, frituras e embutidos

FOTO: REPRODUÇÃO / GIPHY

A nutricionista Carina destaca que é importante evitar ainda alimentos industrializados, como sorvetes, miojos, biscoitos recheados, bolos, margarina e chocolate ao leite. “Eles são ricos em gorduras saturadas e praticamente não possuem nutrientes”, diz.

Leia também: Vitamina B12: conheça os benefícios que ela pode trazer para sua vida

A pessoa que quer emagrecer também precisa ficar longe de frituras, queijos amarelos, embutidos (como presunto) e do sal em excesso.

7. Evite tomar sucos industrializados e refrigerantes

FOTO: REPRODUÇÃO / GIPHY

Em relação às bebidas, destaca Carina de Sá, é preciso evitar ao máximo os sucos de caixinha industrializados – pois estes são riquíssimos em açúcar –, além de fugir dos refrigerantes.

8. Evite ou diminua o consumo de bebidas alcoólicas

FOTO: REPRODUÇÃO / GIPHY

Muitas pessoas têm o hábito de beber cerveja (ou outra bebida alcoólica) no final de semana, o que, certamente, pode atrapalhar o bom andamento da dieta.

“Nesse caso, estipule uma quantidade fixa da sua bebida favorita, por final de semana, e comprometa-se a não ultrapassar sua meta. Claro, ela deve ser menor do que a quantidade de costume. Assim, a cada final de semana, reduza um pouco até se adaptar a beber menos”, orienta Carina de Sá.

A nutricionista destaca que é importante evitar a restrição completa e radical da bebida em questão. “Outra orientação importante é, a cada copo de bebida alcoólica, consumir um copo de água. Assim você bebe menos e ainda evita a desidratação”, acrescenta.

9. Escolha atividades físicas adequadas

FOTO: REPRODUÇÃO / GIPHY

Não tem como fugir: quem quer emagrecer precisa, também, se exercitar! “Parece até uma equação simples de se resolver: se pensarmos em ingerir menos alimentos calóricos (gorduras e processados) e dar preferência a refeições menos calóricas (fibras e carne magras), e aumentarmos o gasto calórico, com atividades prazerosas, a perda de peso é certa. Mas, a chave para um emagrecimento saudável está em uma boa alimentação aliada a uma atividade física monitorada e, principalmente, voltada para o corpo feminino”, destacam Fabíola Dias e Flávia Freitas, professoras da Academia Contours.

Ainda de acordo com as profissionais, as aulas circuitadas em academias especializadas para mulheres, juntamente com aulas que mesclam movimentos de luta (boxe, Karatê e outras), têm um alto gasto calórico. “Por exemplo, o circuito bem elaborado chega a ter um gasto energético de 665 calorias por hora, se feito três vezes por semana. E, nas aulas de luta, como o Body Combat, a perda é de 495 a 700 calorias por hora”, explicam Fabíola e Flávia.

“Para se ter uma ideia de comparação, na corrida, se houver variação de terreno e instabilidade de percurso, a perda calórica é de, no máximo, 600 calorias por hora, se for mantida uma velocidade média de 9 km/h”, acrescenta as professoras.

10. Reserve pelo menos 30 minutos para praticar atividades físicas

FOTO: REPRODUÇÃO / GIPHY

Atualmente, com a correria do dia a dia, muitas pessoas reclamam que têm pouco tempo para se exercitarem. Porém, para emagrecer de maneira saudável, é fundamental que se mantenha a regularidade na atividade física.

“Se a pessoa conseguir manter a atividade por 30 minutos, 3 vezes na semana, por exemplo, os resultados serão surpreendentes”, destacam as professoras Fabíola e Flávia.

11. Se preferir, caminhe

FOTO: REPRODUÇÃO / GIPHY

Algumas pessoas, simplesmente, não gostam de ir a academias. Porém, ainda assim não há desculpas para elas deixarem de se exercitar.

“A caminhada é uma excelente atividade aeróbica”, destacam Flávia e Fabíola. “Nesse caso, é necessário manter a regularidade de caminhar 3 vezes na semana, por 30 minutos”, acrescentam as professoras.

12. Não se esqueça da alimentação pré e pós-treino

FOTO: REPRODUÇÃO / GIPHY

Carina de Sá explica que a alimentação rica em nutrientes no pré-treino potencializa a execução do exercício, sem deixar a pessoa fadigada durante o treino, além de evitar o catabolismo muscular. “Assim você não perde sua massa magra, que é a mais ativa em relação ao gasto energético”, destaca.

No pós-treino, explica a nutricionista Carina, a alimentação é importante para garantir uma boa recuperação muscular, ou seja, a reposição de glicogênio para os músculos, e evitar novamente sua degradação. “Além dos nutrientes como vitaminas, minerais e antioxidantes, importantes também para manter uma boa produção de energia pelo organismo e amenizar os processos inflamatórios gerados pela atividade física”, diz.

13. Fique longe de estresses

FOTO: REPRODUÇÃO / GIPHY

Outro fator que influencia no funcionamento do seu corpo e que pode contribuir para a perda de peso é o stress. Cuidar da sua saúde mental pode te ajudar a ter mais energia para seguir uma alimentação saudável e se exercitar. Além disso, você pode buscar por atividades que proporcionem as duas coisas: uma mente tranquila e saudável e um corpo ativo. Algumas boas opções são a yoga, o pilates e a corrida.

14. Mantenha o foco nos benefícios da perda de peso

FOTO: REPRODUÇÃO / GIPHY

Como já foi citado, uma dieta de emagrecimento exige dedicação e foco. Se, durante o processo, por um motivo ou outro, você tiver vontade de desistir, afaste todo o pensamento negativo!

Foque em todos os benefícios que a perda de peso proporcionará: além de melhorar sua autoestima, o emagrecimento trará mais saúde e bem-estar, já que deixará sua pressão sob controle e diminuirá significativamente os riscos de diabete, derrame e doença cardiovascular.

Enfim, não faltam bons motivos para você aderir a uma dieta saudável! E agora você já tem ótimas dicas para isso. Mas, não se esqueça de começar procurando por profissionais que possam ajudá-la nesse processo!

Gostar de comer ou ser um bom garfo já não é uma maldição. É possível comer e perder peso ao mesmo tempo, retirando dos alimentos os nutrientes necessários ao bom funcionamento do organismo. Conheça alguns dos alimentos que ajudam a perder peso.
Os alimentos que ajudam a perder peso são aqueles que além de contribuírem para nos mantermos saudáveis, ajudam a acelerar o metabolismo, a queimar calorias, fortalecer o sistema imunitário e fornecem energia para executarmos as nossas tarefas ao longo do dia.

Leia também: Phytophen é bom

Esses alimentos são denominados de termogénicos e quando estão a ser digeridos pelo estômago, tendem a aumentar ou diminuir a temperatura corporal, fazendo com que o corpo gaste calorias para voltar à temperatura normal e por isso também são alimentos que ajudam a perder as gordurinhas que estão a mais, por exemplo, na zona da barriga e a emagrecer de forma saudável.

Leia também: Kifina funciona

Alimentos que ajudam a emagrecer
1. Brócolos – é um vegetal que possui diversas propriedades nutritivas. É um diurético eficiente e também atua como laxante. Os brócolos ajudam a aumentar a sensação de saciedade, além de serem ricos em proteínas. Possuem poucas calorias e ajudam a reduzir o açúcar no sangue.

2. Ovos – os ovos são ricos em proteínas de alto valor biológico como colina, ácido fólico, ferro, zinco. A colina ajuda a bloquear a absorção de gordura. As proteínas do ovo são proteínas de alta qualidade e contribuem para a sensação de saciedade prolongada e para manter a energia do organismo, ajudam na manutenção da força muscular e redução da perda de massa muscular.

3. Quinoa – a quinoa é rica em proteínas, fibras e aminoácidos necessários à boa manutenção dos músculos. A quinoa possui um baixo índice glicémico e não contém glúten. Como os seus hidratos de carbono são metabolizados lentamente, dá sensação de saciedade prolongada.

4. Lentilhas – esta leguminosa de baixo teor calórico proporciona saciedade ao organismo, ajuda a reduzir os níveis de colesterol, é antioxidante, é rica em proteínas e fibras, retarda o envelhecimento e ajuda a combater a anemia.

5. Aveia – é um cereal muito completo pelo seu teor de fibras e vitaminas B5, Vitamina E e Vitamina B6 que favorecem o emagrecimento. É um ótimo alimento para ser consumido ao pequeno almoço em papas, juntamente com iogurte ou leite. Também pode ser consumido com frutas, as mais indicadas já que se tratar de perder peso são mamão, maçã ou morango. Além de controlar a fome, a aveia ajuda o seu corpo a eliminar tudo o que não faz bem.

Leia também: Como emagrecer de verdade

6. Salmão – O Salmão é uma excelente fonte de proteínas magras que aumentam a sensação de saciedade. Além disso, o salmão é rico em ómega 3, substância que ajuda a melhorar a memória, concentração e a diminuir os níveis de stresse.

7. Alho – O alho é um superalimento rico em nutrientes (vitaminas, sais minerais e aminoácidos) que ajuda a reduzir o colesterol; é rico em alicina substância que ajuda eliminar o excesso de gordura e acelera o metabolismo.

8. Batata Doce – rica em betacaroteno, a batata doce é um poderoso antioxidante. Este alimento é uma boa fonte de hidratos de carbono que aumentam a sensação de saciedade; as vitaminas e minerais como Vitamina C, Potássio, Ferro, Manganês e Cobre ajudam a perder peso.

9. Maçã – é uma excelente fonte de vitaminas e minerais e é considerada uma das frutas mais benéficas para a saúde. A maçã ajuda a desintoxicar o fígado, reduz os níveis de colesterol e glicose, é diurética e contém um alto teor de Vitamina B12, fatores que fazem da maçã um alimento que ajuda na perda de peso.

10. Sementes de Chia – é considerada um superalimento: melhora o trânsito intestinal, melhora os níveis de colesterol e ajuda a diminuir o apetite, pois é rica em fibras e vitaminas. As sementes de chia conseguem absorver uma grande quantidade de água, formando um gel que ocupa algum espaço no estômago, diminuindo a sensação de fome.

Saiba que não adianta consumir alimentos que aceleram o metabolismo se mantiver hábitos que o desaceleram? A falta de sono desacelera o metabolismo, por isso, durma as horas suficientes. O stresse também retarda o metabolismo e até pode fazer com que a pessoa coma mais.

5 Suplementos Alimentares Para Emagrecer Rápido Muito Populares

Confira estas 5 dicas de suplementos alimentares para emagrecer rápido bastante populares e preste atenção nos benefícios para escolher o melhor para você.

Leia também: Phytophen

1. “Queimadores de Gordura”
Os primeiros suplementos alimentares para emagrecer rápido que listaremos são os “queimadores de gordura”, ou termogênicos. Seus usuários relatam que:

Eles naturalmente aceleram seu metabolismo para queima de gorduras e suprimem seu apetite fazendo com que você coma menos e perca mais peso, além de…
Dão mais energia que permitem treinos mais longos, ágeis e difíceis; o que, consequentemente faz você queimar mais calorias, então…
A melhor hora para você tomar seu “queimador de gordura” é logo pela manhã, antes do seu treino de alta intensidade matutino e do seu café da manhã, para acelerar seu metabolismo para queima de gordura pelo dia e…
Você pode tomar seus “queimadores de gordura” novamente no meio da tarde, mas não muito perto da hora de dormir e…
A maioria dos “queimadores de gordura” funcionam segundo os usuários, mas grãos de café verde, Hydroxycut e até chá verde são destaques atualmente e são todos exemplos de suplementos alimentares para emagrecer rápido. Além deles, são destaque também o citrus aurantium (extrato de laranja amarga)
A maioria dos queimadores de gordura, ou termogênicos como são conhecidos, contém cafeína. A cafeína é conhecida por acelerar o metabolismo, diminuir o apetite e ajudar a mobilizar a gordura corporal para queima. Alguns podem conter uma quantidade muito alta e se você não está acostumado a tomar café ou tem sensibilidade a cafeína pode sentir um desconforto, como batimentos cardíacos muito acelerados.
2. Gorduras que queimam gordura
Gorduras do tipo Ômega-3 como óleo de peixe e CLA, ou Ácido Linoleico Conjugado, são dois exemplos de gorduras que queimam gorduras e você pode usá-las como suplementos alimentares para perder peso rapidamente. Os que usam esses produtos defendem que:

Em um estudo no qual um grupo de homens obesos tomou CLA, os participantes perderam, em sua maioria, gordura da região abdominal (barriga) e reduziram suas cinturas em 2,5cm e…
Gorduras do tipo Ômega-3 manipulam o hormônio leptina de uma maneira que ajuda a acelerar seu metabolismo e suprimir seu apetite, mas…
Se você está incluindo comidas com alto teor de proteínas na sua dieta, como peixes, castanhas e carne orgânica; então você não precisa de nenhum suplemento que contenha gorduras que queimam gordura já que essas comidas têm a dose necessária dessas gorduras para te ajudar a perder peso:

Apenas de 10% a 30% da sua dieta para perder peso deve ser composta de gorduras então…
A quantidade dessas gorduras boas que queimam gorduras das quais você precisa para perder peso depende principalmente de quantas calorias você está ingerindo.
3. Substitutos de Refeição (SPRs), Shakes de Proteínas e Barrinhas
Os substitutos de refeição são provavelmente os produtos para emagrecimento mais vendidos no mundo. Seu consumo é muito popular porque:

Se você não consegue proteínas o bastante na sua dieta simplesmente com comidas ricas em proteína, estes tipos de suplementos podem ajudar a conseguir a quantidade necessária de proteínas e perder peso além de que…
A maioria das MRPs (Meal Replacement Products) como Labrada Lean Body têm ingredientes “queimadores de gorduras” como as gorduras que queimam gorduras (ex. CLA)
MRPs são realmente úteis para pessoas muito ocupadas que não têm tempo para preparar refeições…
E dependendo do tipo de substituto de refeição que você tomar, já terá a quantidade certa de carboidratos, proteínas e gorduras que você precisa para perder peso.
Barras de Proteínas são uma alternativa saudável (não perfeita) para substituir comidas que fariam você ganhar peso.
4. Limpadores de Cólon
Nos EUA são muito populares e no Brasil cresce o número de pessoas que faz uso destes suplementos alimentares para emagrecer rápido. Os usuários propagam sobre os limpadores de cólon que…

Leia também: Fit Mzt Anvisa

Eles realmente ajudam a perder muito peso sem qualquer dieta ou exercício, pois removem toda a sujeira presa no seu cólon e…
Fazer isso pode ajudar a controlar qualquer problema de inchaço que você tenha, ajudando também a conseguir uma barriga mais reta, mas…
A noticia ruim sobre limpadores de cólon

Eles não queimam gordura nem ajudam a perder peso, que faça você se sentir melhor e…
Mesmo que você possa perder alguns centímetros da sua cintura se livrando de todos os dejetos em seu cólon, não espere que os limpadores de cólon ajudem a perder gordura da parte interna da coxa, gordura da barriga, das costas ou braços, sua perda de peso é limitada aos dejetos presos no seu cólon, então…
Uma vez que você deu descarga nesses dejetos, você ainda vai precisar de uma dieta, exercícios e outros suplementos dessa lista para queimar o resto da gordura que você tem.
Ao invés de comprar um suplemento de limpeza de cólon, você pode limpar seu cólon naturalmente ingerindo alimentos que reduzam o peso, inserindo mais fibras na sua dieta e bebendo muita água.

ARTIGOS COMPLEMENTARES
4 Suplementos Eficazes Para Impulsionar o Seu Metabolismo
Termogênico Emagrece Mesmo?
5 Nutrientes Essenciais para Acelerar a Perda de Peso
Essa Receita de Café Promete ‘Queimar Calorias’ Enquanto Você Bebe
5. Supressores de Apetite
Existem suplementos alimentares já focados na diminuição do apetite. Os remédios supressores de apetite já estão entre os mais consumidos em todo o mundo. Então seria natural imaginar que surgiriam inúmeros suplementos alimentares para emagrecer rápido também focados no controle do apetite. Os usuários deste suplementos defendem que:

Você pode perder peso rapidamente tomando supressores de apetite sem fazer exercícios porque…

Supressores de apetite fazem com que você não queira comer (você perde seu apetite)
Quanto menos você come, mais rápido você perde peso com ou sem exercícios, mas…
Supressores de apetite não são os melhores suplementos para perder peso a longo prazo porque…

Uma vez que parar de tomá-los, seu apetite vai voltar, e quando você começar a comer normalmente de novo…
Você vai ganhar todo o peso que havia perdido e até mais, e…
Você não precisa recuperar todo o peso eliminado quando parar de tomar os supressores de apetite, porque…

Você pode usar estas estratégias para controlar o apetite quando parar de usar os supressores de apetite, mas…
Se você estava comendo uma quantidade muito baixa de calorias (menos de mil) enquanto tomava supressores de apetite, pode ter certeza que vai ganhar um pouco de peso após parar com os supressores.
Duas únicas situações em que você deve usar os supressores de apetite:

Se você está em um plano emergencial de curto prazo para perder peso, como uma dieta onde você não vai comer muito.

Leia também: Kifina Anvisa
Se você está em um plano normal para perder peso e precisa de um supressor de apetite para te ajudar a controlar seus desejos e prevenir que você estrague seu plano de perder peso.

Remédios para emagrecer: de farmácia e naturais

Para perder peso mais rápido, além de uma alimentação saudável e de praticar atividade física regularmente, pode ser necessário utilizar remédios que aumentam o metabolismo e a queima de gorduras, que reduzem a absorção de gordura no intestino, que reduzem o apetite ou que combatem a retenção de líquidos.

Leia também: Phytophen emagrece

Dentre as melhores soluções para emagrecer estão o chá verde, a quitosana, a goji berry e os medicamentos Kifina e Orlistat. Veja a seguir a lista completa e para que serve cada um.

Medicamentos que emagrecem

Alguns dos medicamentos que podem ser usados para perder peso, que são vendidos em farmácias e devem ser prescritos pelo médico e utilizados de acordo com a sua recomendação são:

1. Sibutramina
A sibutramina atua diminuindo a fome e fazendo com que a sensação de saciedade chegue mais rápido ao cérebro, ajudando a controlar a quantidade de comida ingerida. Dessa forma, este remédio pode ser usado como primeiro tratamento em pessoas com obesidade.

Este remédio não deve ser usado por gestantes, mulheres que amamentam e em casos de doenças cardíacas, anorexia, bulimia, uso de descongestionantes nasais e antidepressivos. Veja os efeitos colaterais da Sibutramina.

É ideal para: pessoas que estão fazendo dieta, mas têm muita dificuldade em controlar a fome e vontade de comer alimentos mais gordurosos ou açucarados.
Como tomar: em geral, a recomendação é tomar 1 cápsula pela manhã em jejum, mas se a perda de peso não ocorrer após 4 semanas de uso, o médico deve ser consultado.
2. Orlistat
Também conhecido como Xenical, atua impedindo a absorção de gordura no intestino, o que reduz a quantidade de calorias consumidas, ajudando na perda de peso e no controle do colesterol alto e da obesidade.

O orlistat está contraindicado para gestantes, mulheres que amamentam e pessoas com problemas de má absorção intestinal ou tendência a ter diarreia. Veja o resumo da bula completa de Orlistat.

É ideal para: ser utilizado em dias em que se fazem refeições ricas em gordura, por exemplo, para diminuir a quantidade de gordura absorvida e ajudar a manter os resultados da dieta. Idealmente, não deve ser usado como solução para ingerir mais alimentos gordurosos no dia-a-dia.
Como tomar: é aconselhado tomar 1 comprimido antes da refeição, de forma a diminuir a quantidade de gordura ingerida nos alimentos.
3. Saxenda
O Saxenda é um medicamento em forma de injeção que só pode ser usado sob prescrição médica. Ele atua no centro da fome e da saciedade fazendo com que a pessoa tenha menos apetite. Além disso, um dos efeitos do medicamento é a mudança no paladar que faz com que os alimentos não tenham um sabor tão agradável.

No entanto, não deve ser usado por pessoas que não sejam consideradas obesas, durante a gravidez ou em adolescentes, porque os efeitos do medicamento não foram esclarecidos nesta faixa etária. Veja a bula completa de Saxenda.

É ideal para: pessoas a fazer acompanhamento médico e nutricional para tratar obesidade de IMC superior a 30 Kg/m² ou com IMC superior a 27 kg/m2 e doenças associadas, como hipertensão arterial ou diabetes tipo 2.
Como tomar: geralmente basta 1 injeção de Saxenda por dia para conseguir uma redução de 10% do peso em 1 mês. A dose poderá ser aumentada gradualmente, caso o médico recomende.
4. Cloridrato de lorcaserina – Belviq
Belviq é um remédio contra obesidade que atua nos níveis de serotonina do cérebro , diminuindo o apetite e aumentando a saciedade, com poucos efeitos colaterais. Com a redução do apetite é possível ingerir menos alimentos, perdendo peso. Veja a bula desse remédio em: Belviq.

É ideal para: pessoas a fazer dieta que precisam diminuir o apetite para evitar o consumo de alimentos com muitas calorias, e emagrecer rápido. No entanto, só pode ser utilizado com receita médica.
Como tomar: ingerir 2 comprimidos por dia, um no almoço e outro no jantar.
Remédios naturais para emagrecer

Leia também: Kifina Anvisa

Os melhores remédios naturais para emagrecer são à base de ervas e produtos naturais que melhoram o funcionamento do organismo, como:

1. Chá verde
Tem as propriedades de acelerar o metabolismo e favorecer a queima de gordura, podendo ser consumido em cápsulas ou na forma de chá.

Deve-se consumir de 3 a 4 xícaras do chá por dia ou tomar 2 cápsulas pela manhã e pela tarde, mas está contraindicado para pessoas com sensibilidade à cafeína ou problemas cardíacos.

2. MaxBurn
Suplemento feito a partir de chá verde e açaí, tem o poder de aumentar o metabolismo e diminuir o apetite. Deve-se tomar uma cápsula antes do almoço e do jantar, mas é importante lembrar que a venda deste medicamento foi proibida pela Anvisa.

3. Quitosana
A quitosana é feita a partir de fibras presentes no esqueleto de frutos do mar, ela aumenta a saciedade e diminui a absorção de gordura no intestino. Deve-se tomar 2 cápsulas antes do almoço e do jantar, mas está contraindicada para pessoas alérgicas a frutos do mar.

4. Goji berry em cápsulas
Esse remédio é feito a partir do fruto fresco, e atua no organismo como antioxidante e anti-inflamatório, devendo-se tomar 1 cápsula antes do almoço e do jantar.

É importante lembrar que apesar de naturais, esses remédios estão contra-indicados para mulheres grávidas ou que amamentam, crianças e pessoas com pressão alta ou problemas cardíacos, e que, o ideal é que eles sejam prescritos pelo médico ou pelo nutricionista.

Remédios caseiros para emagrecer

Leia também: Kifina funciona

Os remédios caseiros para emagrecer são opções mais fáceis e seguras para serem utilizadas para ajuda na dieta, especialmente de quem sofre com obesidade. Dentre os principais, estão:

1. Água de Berinjela
Para preparar, deve-se cortar 1 berinjela em cubos e deixar de molho em 1 litro de água durante a noite. Pela manhã, deve-se bater tudo no liquidificador consumir ao longo do dia, sem adicionar açúcar.

2. Água de Gengibre
Deve-se adicionar de 4 a 5 rodelas ou 2 colheres de sopa de raspas de gengibre em 1 litro de água gelada, bebendo a mistura ao longo do dia. Para obter melhores resultados, o gengibre deve ser trocado diariamente.

3. Chá diurético de ervas
Para preparar este chá, deve-se adicionar 10 g de alcachofra, cavalinha, sabugueiro, louro e anis, em 1 litro de água fervente. Desligar o fogo e abafar a panela, deixando descansar por 5 minutos. Beber o chá ao longo do dia e seguir o tratamento durante 2 semanas.

Além de conhecer os remédios, é importante lembrar que todos esses medicamentos trazem mais resultados quando aliados a uma alimentação saudável e à prática regular de atividade física.

Nova Dieta Rápida para Emagrecer 9kg: Cardápio Completo

NOVO CARDÁPIO PARA EMAGRECER 8 kg DE FORMA RÁPIDA
Está Cansada de se Esforçar para Emagrecer, passar Meses e Meses na Dieta e não ver Resultado no seu Corpo?
Veja o Cardápio Completo para Emagrecer 8 kg de forma Rápida e sem passar Fome.
Logo Abaixo você Tira Suas Dúvidas tais como
– Grávida pode Fazer Dieta para Emagrecer?
– Granola Ajuda a Emagrecer?
– Qual o Melhor tipo de Leite para Emagrecer?
– Quais os Carboidratos que Ajudam a Emagrecer?
– Dieta Low Carb Funciona?
– Café com Óleo de Coco Ajuda a Emagrecer?
– Alecrim Auxilia no Emagrecimento?
– Como Usar Farinha de Banana Verde na sua Dieta?
→ PARE AGORA E ESCOLHA!
Qual Caminho é Melhor para Começar?
→ Abaixo Você Encontra as Informações Simples e Fáceis de Colocar em Prática O Momento é Esse Escolha uma

Com essa dieta rápida você pode eliminar 9 kg em uma semana.

Leia também: Phytophen Anvisa

Prepare-se para Perder Peso com saúde e de forma fácil.

Esta dieta rápida para perder barriga como qualquer Dieta para perder peso rápido não é indicada para ser feita por mais de 7 dias, pois pode causar fraqueza e sonolência.

Preparamos um cardápio para emagrecer super completo rico em proteínas e muito gostoso, com certeza você vai adorar.

Importante
Varie seu cardápio ao máximo. Veja algumas sugestões de refeições pequenas, além de uma receitinha de sopa fácil de fazer:

→ CARDÁPIO COMPLETO FINAL DO ARTIGO

>> Recomendamos Para Você:
→ Dieta para Emagrecer
→ Dieta da Sopa
→ Cardapio Dieta
→ Dieta Saudavel
→ Vinagre de Maça
→ Dieta Japonêsa Cardapio

Quer ver depoimentos e dicas do Desafio para Emagrecer Rápido
Deixe seu comentário no vídeo abaixo!

Trabalhamos com amor e dentro do possível seu comentário será respondido!

Este conteúdo não substitui uma consulta medica!

Leia também: Kifina Anvisa

#dietablogbr

(VÍDEO) Desafio para Emagrecer Rápido e Saudável Grátis【AQUI】

Para uma dieta equilibrada, nutricionistas recomendam que se faça 6 pequenas refeições ao dia com intervalos de no máximo 3 horas cada.

Não sendo possível realizar as 6 refeições ao dia, ao menos se alimente 3 vezes.

Refeições pequenas escolha uma das opções abaixo – faça pelo menos três por dia:
Omelete de dois ovos preparado com queijo mussarela, cogumelos tipo champignon e pimenta vermelha
1 xíc. de salada de frutas com 1 col. (sopa) de nozes moídas e 1 pote de iogurte desnatado
1 lata de atum em água, 1 xíc. de legumes variados cozidos e 1 fruta
2 xícs. de salada verde temperada com limão e 1 col. de azeite de oliva e 1 filé de peito de frango grelhado
1 xíc. de legumes refogados e 1 filé grelhado de carne bovina magra
1 tomate picado com 3 fatias de mussarela e 3 fatias de presunto

Lanche saboroso escolha uma das opções abaixo – coma nos intervalos das refeições:
1 copo de leite desnatado puro ou batido com 1 fruta
1 iogurte desnatado puro ou com ½ fruta picada
1 fatia de queijo magro ou ricota

Sopa poderosa para melhorar o metabolismo – tomar apenas uma vez ao dia em prato fundo
Refogue 60 gramas de carne bovina magra ou a mesma quantidade de peito de frango em 2 colheres (sopa) de azeite de oliva.
Adicione 2/3 de xícara de brócolis e cozinhe até que fique macio.
Acrescente 1 ou 2 xícaras de caldo de frango e pimenta vermelha picadinha a gosto.
Deixe cozinhar por mais alguns minutos e tome toda a sopa preparada.

Abaixo para deixar sua Dieta ainda melhor preparamos um cardápio de apenas 800 calorias que vai ajudar você a perder peso de forma rápida e saudável.
Café da manhã:

Opção 1: 1 copo de iogurte light + 1 torrada integral.
Opção 2: 1 bolacha integral + 1 copo de vitamina de frutas sem açúcar.
Opção 3: 1 fatia de pão integral + 1 xíc. (chá) de cappuccino.

Lanche da manhã:

Opção 1: 1 banana.
Opção 2: 1 bolacha integral de água e sal + 1 xíc. de chá de limão gelado.
Opção 3: 1 fatia de pão integral + 1 xíc. de chá de amora gelado.

Almoço:

Opção 1: 1 col. (sopa) de cenoura cozida + 2 col. (sopa) arroz integral + 1 concha de feijão + salada de ervilha, alface e milho temperado no azeite e sal + 1 filé de peixe grelhado + 1 col. (sopa) de ervilha.
Opção 2: 2 col. (sopa) de arroz integral + 1 filé de frango grelhado + 2 col. (sopa) de brócolis no vapor + salada verde à vontade.
Opção 3: 2 col. (sopa) de arroz integral + 1 filé de peixe grelhado + 1 concha de feijão+ ervilha.

Lanche da tarde:

Opção 1: 1 cacho de uva.
Opção 2: 1 maçã.
Opção 3: 1 barra de cereal.

Jantar:

Opção 1: 1 prato de salada rúcula e tomate + 1 col. (sopa) de arroz integral + 1 concha de feijão + 1 filé de peixe grelhado com ervilha.
Opção 2: 1 col. (sopa) de arroz integral + 1 concha de feijão + 1 omelete sem óleo com recheio de frango com mostarda light.
Opção 3: 1 prato de salada verde à vontade + 1 col. (sopa) de arroz integral + 1 filé de carne grelhada + 1 col. (sopa) de grão-de-bico.

Ceia:

Opção 1: 300 ml de suco de laranja.
Opção 2: 1 tangerina.
Opção 3: 1 col. (sopa) de castanha do Pará.

O que Acontece Quando Você Tenta Perder Peso sem Exercício
Exercício não só tornará mais fácil para você perder peso (especialmente se você estiver acima do peso), mas também tem muitos benefícios de saúde.

A gordura é o combustível que seu corpo usa quando você faz dieta rápida e barata. Sim, seu corpo usa a gordura armazenada, mas a proporção de gordura para o músculo que ele usa é muito menor se você se exercita.

Em outras palavras, você vai queimar mais gordura e perder menos músculo, se você fornecer um estímulo como exercício.

Sem exercício, o seu corpo não tem razão para segurar seu músculo. Músculo é altamente intensivo para manter a energia, e é uma das primeiras coisas a ir em uma dieta restringida em calorias, se você não fornece um estímulo para mantê-lo.

Você pode ser capaz de perder uma quantidade comparável de peso através de uma dieta rápida e eficaz, mas o peso não é sempre igual à gordura.

Você terá um percentual muito maior de perda de peso e gordura, se você segurar o seu músculo.

A Importância do Exercício

Exercício aumenta a sensibilidade à insulina e aumenta os níveis de hormônio de crescimento natural.

Essas duas coisas coloca seu corpo em um estado metabólico perfeito para mobilizar ácidos graxos.

Acho que não é nenhum segredo que o exercício queima calorias.

No entanto, você queima um extra de 500 calorias através do exercício todos os dias.

Em uma dieta rápida e fácil para emagrecer restringida em calorias, você já está comendo poucas calorias.

Porque não ter uma maior chance de sucesso e permitir-se desfrutar de uma comida mais deliciosa e comer mais nutrientes?

Músculo “come” a gordura, e a maioria de queima de gordura ocorre nas mitocôndrias.

Onde estão essas mitocôndrias localizadas – principalmente no músculo.

Você pode aumentar seus totais de mitocôndrias e sua densidade através do exercício.

Você também pode perder as mitocôndrias devido à falta de exercício.

Estudos comprovam: Dieta e Exercício Físico emagrecem
Segundo uma pesquisa recente realizada por Lopes et al. (2017) publicada em Arquivos de Ciências da Saúde, onde voluntários obesos participaram de um estudo para verificar o efeito de mudanças graduais com dieta e a prática de exercício físico sobre a composição corporal de obesos.

Durante o estudo os voluntários foram monitorados e avaliados quanto à composição corporal e treinamentos de resistência durante 24 semanas, seguindo apenas uma dieta com poucas calorias (hipocalórica) e atividades físicas.

O estudo demonstrou que seguindo uma dieta hipocalórica e exercícios físicos regulares podem dar resultados positivos na composição corporal de indivíduos obesos.

A média de perda de peso foi de 2,9 Kg e redução de IMC (Índice de massa corporal) de 1 Kg/m2, o que equivale a 3% de redução.

Você acha que para emagrecer a solução é deixar de comer?
Ou fica com dúvidas se o que resolve mesmo é dieta ou exercícios?
Segundo um estudo realizado por especialistas da Universidade de Michigan referente à luta com a balança, principalmente no que se refere às pessoas com uma alimentação irregular e sedentarismo, constataram que a união de uma dieta + atividade física resultaram em uma perda de peso saudável.

Mas é preciso adotar uma dieta equilibrada e balanceada através de uma reeducação alimentar e solicitar acompanhamento de um profissional do esporte para realizar atividade física regularmente e alcançar bons resultados.

O gasto calórico que é esperado ao realizar uma atividade física é diferente para cada pessoa, independente de ser exatamente o mesmo exercício e tempo praticado.

O exercício é necessário para perda de peso?

Sim, se você não o fizer você vai:

Perder músculo

Ter o metabolismo lento

Ter que comer menos do que você comeria se estivesse se exercitando

Não obter os benefícios de perda de gordura natural do hormônio do crescimento

Não melhorar a sensibilidade à insulina

Ter ânsias de aumento da fome

Não ser tão saudável

Ter uma pior composição corporal.

Você pode perder peso sem exercício. No entanto, pode ser mais difícil.

A maneira mais fácil de alcançar seus objetivos é com o exercício.

Encontre uma atividade que você gosta de fazer e se esforce para isso.

Confira ainda super dicas para que sua Dieta renda muito mais, Certos hábitos saudáveis impedem você de engordar ao se alimentar:
Desligue a televisão e concentre-se no seu prato. Comer em frente ao aparelho estimula a gula e você acaba perdendo o controle.
Procure se sentar. De pé, com o prato na mão, você come até três vezes mais!
Morda pequenos pedaços. Uma pesquisa concluiu: quem dá grandes bocadas come uma quantidade muito maior de alimentos e dificulta a perda de peso.

10 Dicas para Perder Peso sem Fazer Dieta
Uma dieta sem fazer dieta.

Perder peso sem fazer dieta?

É possível

Não há necessidade de privar ou seguir estritamente os princípios de uma dieta frustrante, assim como você pode perder peso através da adoção de alguns hábitos diários.

Aqui estão 10 dicas infalíveis reveladas com todos os seus segredos para perder peso sem fazer dieta.

1. Coma na hora certa

Respeite seu relógio biológico é muito importante para o bem-estar geral.

Isto significa simplesmente que ele vai escolher os bons momentos para as refeições, dependendo de seus períodos de atividade durante o dia.

Nós também chamamos este nutrição.

Tenha certeza, é muito simples: depende do tempo que você acorda:

Depois de acordar: tomar no café da manhã um pequeno-almoço, em vez de gordura.

Dentro de 4-6 horas: faça um almoço leve (com proteína).

Pelo menos 5 horas depois do almoço: faça um lanche com sabor doce (como resultado).

No final do seu dia de atividade e somente quando você está com fome: Jantar em vez de luz.

É claro que este esquema pode ser superado: por exemplo, no caso de um partido muito “festivo” e um despertarem tardio:

Você pode fazer uma grande refeição matinal entre 10h e 14h, em seguida, possivelmente um jantar leve.

2. Levamos tempo

Mesmo se você é a pessoa mais movimentada do mundo.

Esta é uma ordem: ter tempo para comer.

Na verdade, uma refeição engolida muito rápida não está lhe preenchendo.

O estômago envia a informação de saciedade ao cérebro depois de 20 minutos.

Sente-se confortavelmente em um lugar calmo com boa companhia em torno de você, e tentar colocar o garfo para baixo (sobre a mesa) entre as mordidas.

Mastigue devagar, saboreie a comida, e você vai ver, a sua digestão será mais fácil e suas refeições irão diminuir.

3. Lanches inteligentes

As merendas são o inimigo número 1 do seu peso.

Muitas vezes, se os seus cardápios são completos, esses pequenos desejos de açúcar são devido ao apelo psicológico em vez de uma necessidade genuína de alimentos.

Se você realmente não pode prendê-lo e você está prestes a devorar a refeição, reproduza finamente com um chá ou chá aromatizado.

Não ignore o seu lanche da tarde: a fruta, por exemplo, ou uma compota, que sacia suas papilas gustativas de açúcar.

Existem maneiras de dominar seus desejos por merendas.

Leia também: Dieta de 21 dias funciona

4. É substituído

Para evitar ganhar peso, é preciso primeiro aprender a identificar os alimentos mais calóricos que nem sempre são aqueles que acreditavam!

Por exemplo, um ponto de vista calórico e dietética, prefira frango, peixe, carnes magras, em vez de farinha branca, massas de pizza, espaguete cheio de toucinho.

E lembre-se de que nenhum alimento é o seu “inimigo” tem tudo a ver quantidade.

Mesmo as salsichas, desde que não coma mais de 2 vezes por semana e que seja para acompanhar vegetais crus em vez de batatas fritas, vai encontrar o seu lugar no seu prato.

5. Ceder alimentos

A comida deve ser divertida, um momento de relaxamento e de troca com amigos ou família.

Se ocorrer estresse para qualquer biscoito comido, você ficará amargurado para o resto do dia.

Se você preencher grandes lacunas, dizendo a si mesmo que você vai pegar no dia seguinte, diminuindo sua ingestão de calorias ou se optar por uma sessão intensiva de esportes.

Não veja isso como uma “punição”, mas sim como uma boa maneira de equilibrar o seu estilo de vida.

6. Favorece a fazer em casa

E isto por duas razões.

Primeiro, porque cozinhar verdadeiramente permite controlar o que comemos e a dosar conforme necessário.

Mas também porque ajuda a “reconciliar” com os alimentos e não vê-los como fonte de quilos a mais.

Equipar-se com utensílios (vapor, onda silicone espremedor de puré, liquidificador), e se atrever a comprar alimentos que você não tenha usado (ervas, alcachofras, batatas doce, moluscos).

A sua cozinha da casa (com uma mão leve na gordura) será necessariamente melhor para a sua linha de refeições imediata, ricas em açúcar e sal.

7. Aposta grande em plantas

Desde os tempos antigos, usamos certas plantas para as suas várias propriedades medicinais.

Mas você sabia que eles também podem agir contra a protuberância?

Nem tudo é claro, mas alguns deles são verdadeiras planta-magreza:

A casca de laranja amarga iria acelerar o efeito de saciedade, e “estimular” a digestão.

Sargaço, uma alga marrom conhecida pelo seu efeito estimulante sobre o metabolismo e estimula o corpo a usar as reservas de gordura armazenadas para cobrir as suas necessidades.

As folhas de ginkgo biloba são usadas para muitas propriedades, mas especialmente para a sua capacidade antioxidante e vasodilatador, tornando-o excelente para aliado contra a celulite.

As sementes de erva-doce são usados para sua ação benéfica contra os problemas de digestão, a dor de estômago, o inchaço.

O Ascophyllum: Isto iria limitar a absorção de lipídios no intestino.

Em caso de excesso ( após um jantar , por exemplo), pode ajudar a reduzir o armazenamento de gordura.

Você pode encontrar todas essas plantas frescas ou em forma de pó embalado em cápsulas com as doses indicadas.

8. Dormir

Um estudo científico americano pôs em evidência a relação entre a falta de sono e peso, ou mais precisamente o índice de massa corporal (IMC).

Afiguram-se como menos pessoas dormem, mais o nosso IMC é elevado.

Isto é explicado por uma elevada produção de grelina, o hormônio do apetite, quando há falta de sono.

Outra explicação poderia ser que o corpo deve chamar à noite a energia de que necessita para manter a sua temperatura em seus estoques de gordura.

No entanto, isso não significa que devemos passar o dia na cama.

Se levantar para ir praticar esportes.

9. Controlar suas emoções

O estresse, a raiva, o medo, a ansiedade todas as emoções que são capazes de “empurrar para comer”.

Já alguma vez, depois de um ataque cardíaco, um grande argumento, ou na frente de um filme de terror, saltou sobre tudo o que é oferecido a você na sua geladeira?

Esse é um comportamento normal, e impulsivo como ele a partir de um desejo de compensação natural, depois de uma emoção, que irá satisfazer com alimentos.

Algumas pessoas temem até mesmo gerar um estresse maior que cresce para comer.

Um círculo vicioso que deve estar ciente de evitá-lo.

10. O movimento de deixar

E sim, eu sei que este último passo era previsível, mas uma vez que não é costume: não é possível perder peso sem passar pela caixa de “Esporte”.

Se assim bateram com 30 minutos de atividade diária física recomendada é que não há uma razão.

Porque, para refinar a silhueta sem um regime draconiano, o esporte é uma solução muito boa.

O melhor é escolhido que direcionar a parte do corpo com a empresa:

Pés delgados em bicicleta

As nádegas gordas: a aeróbica

De abs desenhada: Aptidão

Ombros quadrados: a natação.

E para o esporte, encontrar outras boas maneiras de suar a pé pequenos, compras, cambalhotas.

Depoimentos: 10 Dicas para Perder Peso sem Fazer Dieta
Várias pessoas que assistiram os vídeos e seguiram as 10 Dicas para perder peso estão comentando o quanto amaram e como estas Dicas serviram para o seu dia-a-dia, além de mencionarem já terem perdido em torno de 6 kg.

Celebridades que perderam 9 Kg
Vejam como é possível emagrecer 9 kg, celebridades como Holly Madison, Débora Secco e o cantor Luciano comemoram os quilinhos a menos e exibem um corpo mais saudável.

Dietas Rápidas relacionadas:
Uma dieta que há tempos vem sendo utilizada e citada como referência no emagrecimento saudável e sem esforço é a Dieta da GM (General Motors), fundamentado em um plano que foi elaborado para os funcionários.

A Dieta da GM segue um prazo de 7 dias com um cardápio bastante rigoroso que contempla grupos alimentares para cada dia.

Os resultados são a queima de gordura e um emagrecimento de aproximadamente 8 kg.

Lembre-se sempre que antes de realizar qualquer dieta é importante consultar um médico ou nutricionista.

E jamais inicie qualquer atividade física sem acompanhamento de um profissional.

Para garantir uma boa hidratação, beba no mínimo 2 litros de água por dia.